Vida off versus online

Baixe gratuitamente a revista digital para iPads da Sempre Editora; nesta edição, conheça histórias dos indivíduos invisíveis, pessoas em situação de rua, além de dicas de atrações da Bienal do Livro

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

O Tempo Livre/Reprodução
undefined

A quadragésima quinta edição de O TEMPO LIVRE, a revista virtual da Sempre Editora para iPads, com conteúdo exclusivos, já está disponível! Veja os assuntos abordados nesse número!

Se de um lado o número de usuários da internet e redes sociais cresce vertiginosamente, de outro, há pessoas abandonando a vida online para vivenciar o mundo real.

Os avanços técnicos provocaram na sociedade moderna uma dicotomia. Ao mesmo tempo em que servem para auxiliar e facilitar diversas atividades, as pessoas se veem cada vez mais dependentes das ferramentas tecnológicas. Se por um lado a internet, grande salto da comunicação, é responsável por promover agilidade nos processos de produção de qualquer trabalho, por outro, tem feito de seus usuários verdadeiros dependentes.

Vários pessoas, sejam elas dependentes compulsivas ou usuários moderados da internet, já se viram, por um momento, presos a um computador e smartphone. O resultado disso é o abandono de algumas tarefas práticas do nosso cotidiano, como atividades domésticas, além daquelas relacionadas aos estudos e trabalho e, até mesmo, os hobbies.

Curtiu? Então leia a matéria na íntegra na publicação digital gratuita disponível na App Store. Conheça abaixo outros assuntos abordados na edição #45

Clique aqui para baixar gratuitamente a revista O TEMPO LIVRE

TENDÊNCIA

“Dar voz a quem não tem vez”. Por todos os cantos de Belo Horizonte lá estão eles. Quem tem a rua como morada está sempre presente pela cidade, no entanto nem sempre está visível. Na correria do dia a dia e com uma vida marginalizada, esses personagens passam desapercebidos. Para tentar mudar essa realidade, a jornalista Mara Bianchetti, 28, se valendo da frase que abre este texto, deu início ao projeto BH Invisível, que conta a história de moradores de rua. O projeto surgiu inspirado no São Paulo Invisível, primeira cidade a dar voz a esses personagens.

MEU GUIA

Uma feira de livros é como uma espécie de portal, que dá acesso a um mundo paralelo, cheio de narrativas, e por onde se passa horas a fio, sem que se pense no tempo. Corredores grandes, com estandes e livros por todos os lados, tornam o local mágico para o amantes da literatura. A Bienal do Livro Minas chega à quarta edição, com o intuito de aproximar o público do universo literário e traz programação variada, para diferentes públicos.

PERFIL

Muito tímida e com o “coração partido”, a menina encontrou na escrita uma forma de se expressar e desabafar as desventuras cotidianas da adolescência. Ela só não sabia que seus sentimentos criariam identificação instantânea em tantas outras meninas e que a “terapia compartilhada” para espantar a timidez a transformaria em escritora de sucesso. Foi assim que, aos 15 anos, Bruna Vieira deu início ao Blog “Depois dos Quinze”. A página começou a ser seguida por leitores espalhados pelo país e até mesmo de Portugal e deu fama à adolescente, que ganhou uma coluna na revista Capricho, lançou quatro livros e neste mês estará em Belo Horizonte para a Bienal do Livro de Minas.

* Conteúdo semanal exclusivo para iPads

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave