Governador de província japonesa aprova volta da energia nuclear

Reatores um e dois da Central de Sendai já podem ser colocados em operação; decisão é considerada uma vitória para o governo pró-nuclear do primeiro-ministro Shinzo Abe

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

O governador da província japonesa de Kagoshima, Yuichiro Ito, autorizou nesta sexta-feira (7) a retomada da produção de energia nuclear na Central de Sendai, a primeira a voltar a ter atividade após o acidente na Central Nuclear de Fukushima, em 2011. Os reatores um e dois da Central de Sendai já podem ser colocados em operação. A decisão é considerada uma vitória para o governo pró-nuclear do primeiro-ministro Shinzo Abe.

Na manhã desta sexta-feira, os membros da Assembleia de Kagoshima tinham aprovado a retomada da produção da energia nuclear com os reatores um e dois da central de Sendai ultrapassando o primeiro obstáculo para que o governador da província do Sul do Japão desse luz verde à volta da atividade da central.

A aprovação, primeiro pela assembleia e depois pelo governador, ocorreu depois de a Autoridade Reguladora Nuclear do Japão ter confirmado que os dois reatores contemplavam as normas de segurança exigidas após a revisão dos regulamentos feita depois do acidente da Central de Fukushima, em março de 2011, devido ao terremoto seguido de tsunami que assolou o Nordeste do Japão.

Na sequência do acidente, o pior desde o de Chernobil (Ucrânia), em 1986, todos os reatores nucleares do Japão foram parados. O governo de Shinzo Abe tem defendido o regresso à produção de energia nuclear, por causa dos custos crescentes da geração de energia com combustíveis fósseis. A geração nuclear já foi responsável por mais de 25% da energia produzida no Japão.