Experimentalismo em telas incorpora paredes

Em série recente de trabalhos, o artista cola tecidos, papelão e rasga a superfície em que também aplica as tintas

iG Minas Gerais | carlos andrei siquara |

As criações de Antonio Manuel são inéditas em Belo Horizonte
Mario Caillaux
As criações de Antonio Manuel são inéditas em Belo Horizonte

Conhecido por trabalhos delineados por uma ação, como os muros de tijolos que aos poucos eram quebrados na sua primeira mostra individual realizada no ano passado no Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro, Antonio Manuel reforça a marca experimental de suas obras em mostra a ser inaugurada neste sábado na Manoel Macedo Arte.

Na galeria, o artista expõe nove pinturas e a instalação “Nave”, todas inéditas aqui. Nas primeiras, ele produz composições a partir de materiais como o papelão corrugado e tecidos que foram colados sobre a tela e em seguida removidos, deixando vestígios. Há também cortes na superfície.

“Com esses recortes que faço na tela, as pinturas acabam incorporando o branco da parede. Outra experiência é a colagem e a retirada de tecidos que eu vejo como outro ato poético. Há uma agressividade nisso que reflete um pouco da violência que nos rodeia”, explica Antonio Manuel.

Contemporâneo e amigo de Hélio Oiticica, Manuel diz dialogar com a vertente neoconcreta da arte brasileira representada pelo primeiro e por outros nomes como Lygia Pape, além da fase concreta, à qual aderiu, por exemplo, Ivan Serpa. “Todos eles se tornaram referências para mim. Eu trabalhei com o Hélio e todas aquelas experiências artísticas me influenciaram de certa maneira”, diz ele, que frisa a transição do figurativo para o abstrato nas suas pinturas.

“Para mim essa passagem veio acompanhada de uma sensação de perda, mas, ao mesmo tempo, eu queria um mergulho mais profundo na abstração”. Sobre a instalação, ele nota nesta, afinidades com as pinturas. “Como as telas, predomina uma abstração. Eu lido com vídeo, que fica vulnerável à influência da água, usada para borrar a percepção das imagens que compõem a obra”, acrescenta.

Serviço. Antonio Manuel expõe na Manoel Macedo Arte (rua Lima Duarte, 158, Carlos Prates). Visitação: Deste sábado a 6/12, de 2ª a 6ª, das 10h às 19h; sáb., das 10h às 14h. Entrada gratuita.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave