Noite dedicada ao rock n’ roll independente

Dando continuidade ao festival, a Funarte recebe shows de Vespas Mandarinas, Ballet e Valv, desta sexta até domingo

iG Minas Gerais | LUCAS SIMÕES |

Vespas Mandarinas é destaque do festival ao lançar disco novo na Funarte
rodrigo hypolitho/divulgação
Vespas Mandarinas é destaque do festival ao lançar disco novo na Funarte

Dando continuidade à amplificação da música independente feita no país, o 6º Circuito Cultural Brasil Diverso se dedica ao rock n’ roll. Com reconhecimento nacional, os paulistas do Vespas Mandarinas dão mais peso aos shows das bandas mineiras Ballet e Valv, que voltam à ativa após passarem por hiatos, e sobem ao palco da Funarte entre sexta e domingo.

Quem liga as guitarras primeiro é o trio Ballet – que carrega a irônica sutileza apenas no nome. Com 12 anos de estrada, a banda formada por Luiz Rodolfo (guitarra), Mateus (bateria) e Thiago Vieira (baixo), apresenta um punk rock instrumental a partir das 20h. Afastados dos palcos por uns tempos, agora eles voltam com canções inéditas – que devem ser gravadas em um próximo álbum, previsto para o ano que vem –, e também repaginando o primeiro disco, “Desconstruindo Nazaré” (2006).

No sábado, as Vespas Mandarinas provam que a linha que distingue o underground do mainstream pode ser cada vez mais tênue nesses dias de hoje. Criados em São Paulo e acostumados a rodar o país passando por bares e até porões, Chuck Hipolitho (guitarra e voz), Thadeu Meneghini (guitarra e voz), André Dea (bateria) e Flavio Guarnieri (baixo) apresentam agora o primeiro álbum lançado por uma grande gravadora, “Animal” (Deck Disc), acolhendo letras assinadas ao lado de Arnaldo Antunes e Bernardo Vilhena – dos principais parceiros de Lobão na década de 1980. “Somos independentes, mas agora temos suporte. Hoje em dia isso é cada vez mais legal e comum”, comenta Meneghini.

O festival ainda recebe o rock minimalista da banda Valv, neste domingo, às 19h. Formada por Alessandro (guitarra e voz), Luciano (guitarra), Alexandre (bateria) e Felipe Ghiroto (baixo), os mineiros, que já tocaram nos EUA e também tiveram participação de Fernanda Takai no primeiro álbum, vão tocar novas canções, recém-compostas para o segundo disco.

Serviço. 1O 6º Circuito Brasil Diverso acontece entre sexta e domingo, no Galpão 1 da Funarte (rua Januária, 68, centro). Os ingressos custam R$ 10 (inteira) e R$ 5 (meia-entrada)

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave