A voz da Massa

iG Minas Gerais |

Saudações alvinegras! Esplêndido, majestoso, impressionante, magistral, fenomenal... Meus amigos, podemos procurar adjetivos para descrever a vitória do Galo em cima do acuado Flamenguinho, mas não encontraremos nenhum capaz de expressar o feito inimaginável de bravura e competência do nosso time na batalha épica de quarta-feira. Tudo o que podemos dizer é que o Urubu, bem como a sua queridinha imprensa carioca, ficaram desnorteados ante a força do nosso time e tiveram que assumir: AQUI É GALO! Mas pudera! Quanto mais difícil o desafio, mais os nossos guerreiros se superam. Todos os elogios vão também para a inigualável Massa Alvinegra. Essa torcida que sempre acredita e mais uma vez levou o Galo a uma classificação histórica. Quem não teve a sorte de nascer atleticano nunca saberá o significado disso tudo. Mas nós temos a honra de poder dizer: aqui é Galôôô!

A voz Celeste Saudações celestes, Nação Azul. Missão cumprida! Quem disse que jogar na Vila é fácil? E não arrego não, nem tenho medo, que venha o “6a1o”, vai prevalecer a tradição do maior de Minas. Em 1987, os dois times tiveram a chance de fazer a final da Copa União e deixaram passar a chance. Agora, enfim, chegou a oportunidade. Vale o fator Mineirão, onde levantamos mais taças, nossa casa por uso “campeão”. Desde garoto sempre sonhei com uma final assim, nessa proporção. Vamos lotar a Toca 3, será uma final inesquecível, que entrará para a história do futebol brasileiro e mineiro esse pentacampeonato celeste. Sou Cruzeirense por amor, palestrino por tradição e esse título irá coroar de vez a supremacia celeste na terra da Raposa! Rumo ao penta! Alô Ibirité, amanhã minha banda VIGARISTAS fará um show no Complexo da Estação, no Festival de Gastronomia. Vamos quebrar tudo!

Avacoelhada No último jogo do Hexagonal Júnior, o Coelhãozinho vai enfrentar o Araxá, neste sábado, às 10h, no Lanna Drumond. Renatinho, Xavier, Pabrício e Santiago são opções para formar um quarteto superofensivo. Depois desse confronto, a equipe será dividida. Um grupo vai se preparar para disputar a Copa São Paulo. Outro deveria ser integrado ao profissional para adiantar o processo de aprimoramento físico. Marcelinho, Messias, Williams, Paulinho, Renato Bruno, Renatinho e Xavier participarem de treinos intensivos em dois períodos. Assis, que retornou de empréstimo, também poderia participar dessas atividades. Amanhã, às 10h30, na Arena do Jacaré, o sub-17 disputará a primeira partida da semifinal contra o Atlético. Embora o principal objetivo da base seja revelar atletas em formação, o costume de vencer os rivais deve ser incentivado.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave