PM escoltará prova do Enem

Aplicativo para simulado com provas anteriores agrada a alunos e ajuda no processo de estudo

iG Minas Gerais |

Empreendedorismo. 
Walison Henrique desenvolveu aplicativo para estudantes
NIDIN SANCHES / O TEMPO
Empreendedorismo. Walison Henrique desenvolveu aplicativo para estudantes

As provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) serão aplicadas no próximo fim de semana, e, a partir de quinta-feira, o material já começará a ser distribuído para as 1.699 cidades que receberão as avaliações no Brasil – 183 delas em Minas Gerais. Os testes estão sob a guarda das Forças Armadas no 4º Batalhão de Infantaria Leve, em Osasco, na região metropolitana de São Paulo.

No Estado, eles serão distribuídos pelos Correios e terão escolta da Polícia Militar (PM) desde as unidades de armazenagem até os locais das provas. Minas tem o segundo maior contingente de candidatos do país: 979 mil pessoas. O volume é 21,84% maior do que o número de concorrentes em 2013.

Nos dias dos exames, uma viatura da PM estará em frente de cada escola que receberá as provas. Após edições anteriores, com vazamento de questões e a atuação de uma quadrilha que fraudou exames –, a segurança do Enem é tratada com discrição pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep).

Em dezembro do ano passado, a Polícia Civil indiciou 36 pessoas acusadas de fraudar os testes. A quadrilha, identificada em Caratinga, no Vale do Rio Doce, também teria beneficiado candidatos em vagas de medicina em instituições mineiras e fluminenses.

A Polícia Federal (PF) não concluiu a investigação, mas o Ministério Público pediu a prisão de 17 pessoas envolvidas. Responsável pelo caso, o promotor Igor Augusto de Medeiros Provinciali, da comarca de Caratinga, não foi encontrado para comentar o assunto e o motivo de o órgão não ter aguardado a conclusão da investigação da PF.

Por meio de nota, a Polícia Federal afirmou que, após a conclusão do inquérito, o Inep será comunicado oficialmente sobre os candidatos que participaram de alguma forma da fraude.

Segundo a corporação, eles “serão punidos com exclusão dos cursos a que tiveram acesso”.

Tecnologia

Às vésperas do Enem 2014, um aplicativo desenvolvido em Belo Horizonte é um dos principais aliados dos estudantes brasileiros. O Enem 2014 Simulado – Pergunta reúne mais de 10 mil questões e é o quarto mais baixado sobre o assunto na Play Store, onde está disponível para aparelhos com Android há pouco mais de um ano.

Gratuito, o aplicativo tem os custos bancados por publicidade veiculada junto com a ferramenta. “Todas as questões das provas do Enem entre 2010 e 2013 são comentadas”, observou.

“Iniciei o projeto em outubro de 2012, quando pedi demissão de uma empresa de engenharia. Em dezembro do ano passado, com o aplicativo finalizado, realizei meu objetivo de unir a educação e a tecnologia, impactando a vida das pessoas e servindo de exemplo para a periferia. Já são quase 50 mil downloads”, disse o técnico civil e projetista Walison Henrique, 24, morador do bairro Mantiqueira, na região de Venda Nova.

Forma de estudo

O estudante contagense Edgard Carvalho que irá fazer a prova no próximo fim de semana ainda não conhecia o aplicativo, mas acredita que a ferramenta é realmente um grande aliado para os alunos. “O simulado é um ganho. Vou baixar o aplicativo para agregar ao meu plano de estudo, revela.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave