Outros coloridos

iG Minas Gerais | Lygia Calil |

Conhecida como camote, a batata-doce do Peru – país que lhe deu origem – tem o interior alaranjado e sabor muito mais doce e forte do que a do Brasil
EL aderezo / divulgação
Conhecida como camote, a batata-doce do Peru – país que lhe deu origem – tem o interior alaranjado e sabor muito mais doce e forte do que a do Brasil

O tipo de batata-doce mais comum no Peru é conhecido como camote e é bem diferente do que estamos acostumados por aqui: de aspecto comum por fora, tem polpa alaranjada. Segundo o chef peruano Pierre Sablich, o sabor também é outro: “a batata peruana é muito mais adocicada do que a do Brasil. Me surpreendi com a batata-doce de vocês, acho que essa delicadeza dela permite combiná-la com mais ingredientes do que a do Peru”, diz o chef.

Na alta cozinha brasileira, especialmente em São Paulo, chefs como Jefferson Rueda (do Atimo) vêm usando outra variedade, também colorida, mas que tem a polpa roxa como a casca.

Curiosamente, essa variedade é produzida em Minas Gerais, mas ainda desconhecida pelos chefs que trabalham aqui: a produção é quase integralmente vendida para a capital paulista. 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave