Comando do 33º Batalhão da PM muda novamente

Tenente-coronel André Agostinho Leão ficou menos de dois meses no cargo

iG Minas Gerais | José Augusto Alves |

Major José Martins de Oliveira Filho deve permanecer no comando até dezembro
Anselmo UBL/Divulgação PMB
Major José Martins de Oliveira Filho deve permanecer no comando até dezembro

Mais uma vez, o comando do 33º Batalhão da Polícia Militar de Betim foi mudado. O então comandante, tenente-coronel André Agostinho Leão de Oliveira, 45, deixou a unidade na última quarta-feira (5). Desde abril de 2011, essa foi a sétima mudança no comando do batalhão na cidade.

De acordo com o major Dourado, da assessoria de imprensa da Polícia Militar de Minas Gerais, o tenente-coronel Leão vai trabalhar na assessoria institucional da PM no Estado. No entanto, o substituto dele ainda não foi definido. “A definição deve sair nas próximas semanas. Enquanto isso, o atual subcomandante do 33º Batalhão, major Oliveira, vai responder pela chefia da unidade e dar prosseguimento aos trabalhos”, disse.

O tenente-coronel Leão tomou posse oficialmente no batalhão no dia 17 de setembro, ficando menos de dois meses no cargo. Em seu lugar, quem passa a responder pelo batalhão é o subcomandante da unidade, major José Martins de Oliveira Filho, que ficará até a escolha de um novo nome. “A perspectiva é que, até dezembro, ele (o novo comandante) seja escolhido. A Polícia Militar vai fazer algumas promoções e, com isso, deve designar alguém para vir para cá. Essa é a expectativa”, afirmou.

Segundo Oliveira, o foco de seu trabalho é dar prosseguimento ao projeto do ex-comandante Leão. “Como eu sou o subcomandante, eu estava junto com ele na elaboração das ações e darei continuidade a elas”, completou o major Oliveira. “Estamos realocando o efetivo, que ainda não é o ideal, para áreas mais prioritárias, em que a demanda d por ações contra a criminalidade é maior, mas sem nos esquecer das outras, fazendo patrulhamento preventivo para inibir os crimes, além das blitze, que estão tendo resultado”, acrescentou.

Uma das primeiras ações aconteceu na quinta-feira (6). “Fizemos uma reunião com o Sindicato dos Rodoviários e representantes da Guarda Municipal para debatermos sobre a segurança nos ônibus e traçarmos algumas ações a serem desenvolvidas”, disse.

Ele espera ainda contar com a ajuda da população. “É importante que as pessoas denunciem. O número 181 dá total sigilo a elas”.

Troca O comando do 33º Batalhão da PM em Betim é marcado pela troca constante de chefia, que é apontada como um dos fatores que prejudicam o combate à violência na cidade, já que os comandantes ficam pouco tempo no cargo. Entretanto, a Polícia Militar do Estado alega que é uma medida natural dentro da corporação

No começo da rotatividade, em abril de 2011, quem assumiu foi o tenente-coronel Jacinto Oliveira Neto. Nove meses, depois foi a vez do tenente-coronel Júlio César Rachel de Paula assumir o posto.

Já em fevereiro de 2013, o tenente-coronel Antonio Petronzio foi nomeado para liderar o batalhão. Ele foi substituído em agosto de 2013, pelo tenente-coronel Cícero Cunha. Em fevereiro deste ano, foi a vez de o comandante Jair Pontes Neto assumir a corporação na cidade, sendo substituído pelo último comandante, tenente-coronel Leão, em setembro. 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave