A pedido de Obama, vice convida Dilma para visita oficial

Marcada para outubro do ano passado, a visita de Estado entre a presidente brasileira e o norte-americano foi suspensa após a descoberta de que a Agência Nacional de Segurança dos Estados Unidos espionou a presidente brasileira

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

O vice-presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, ligou nesta quinta-feira (6) para a presidente Dilma Rousseff e refez o convite para a visita oficial a Washington, a pedido do mandatário americano, Barack Obama.

Marcada para outubro do ano passado, a visita de Estado entre Dilma e Obama foi suspensa após a descoberta de que a Agência Nacional de Segurança dos Estados Unidos (NSA, em inglês) espionou a presidente brasileira.

Segundo a Casa Branca e o Palácio do Planalto, a ligação durou cerca de 15 minutos, em que Biden deu os parabéns pela reeleição presidencial e que os dois "reafirmaram e concordaram em trabalhar em conjunto para melhorar a relação entre os dois países".

Por outro lado, Dilma reiterou ser "do maior interesse do Brasil manter as melhores relações com os EUA", assim como dito a Obama em telefonema após a eleição de 26 de outubro.

A presidente convidou o vice americano para a cerimônia de posse para o segundo mandato, em 1º de janeiro, enquanto Biden disse esperar se encontrar em breve com a presidente para uma reunião.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave