Bombeiros confirmam acidente com voo AAL 992 da American Airlines

Depois de decolar do aeroporto de Confins, na região metropolitana de Belo Horizonte, às 23h32, o avião retornou e pousou às 23h59; piloto informou que aeronave apresentou pane, com a presença de fogo, logo após a decolagem.

iG Minas Gerais | FERNANDA VIEGAS |

Relato postado pelo twitter sobre o problema ocorrido no voo da American Airlines
Reprodução internet
Relato postado pelo twitter sobre o problema ocorrido no voo da American Airlines

O Corpo de Bombeiros confirmou o acidente com o voo AAL 992 da American Airlines, com destino a Miami, na tarde desta quinta-feira (5). Depois de decolar do Aeroporto Internacional Tancredo Neves, em Confins, na região metropolitana de Belo Horizonte, às 23h32, o avião retornou e pousou às 23h59.

Conforme informações da corporação, o piloto John Preckeit informou que um dos motores da aeronave, que transportava 80 passageiros, apresentou um tipo de pane, com a presença de fogo, logo após a decolagem.  

Ainda conforme os militares o fogo não permaneceu por muito tempo e a aeronave retornou ao aeroporto, seguindo os procedimentos previstos. Segundo a assessoria da companhia aérea, houve um problema mecânico de manutenção e por isso o piloto precisou retornar. Contudo, o tipo de defeito apresentado ainda não foi informado pela empresa.

De acordo com a BH Airport - empresa que administra o aeroporto -, o pouso aconteceu dentro das normalidades e nenhum dos recursos de segurança, como o apoio do Corpo do Bombeiros, precisou ser utilizado. Ninguém ficou ferido.

Os passageiros desembarcaram e foram encaminhados para o Comfort Hotel Confins, que fica às margens do terminal. Uma funcionária do hotel confirmou que foi feito o check-in desses consumidores.

Ainda, de acordo com a assessoria da American Airlines, os passageiros serão realocados para o voo com o mesmo destino que sai na noite desta quinta-feira (6). O avião que apresentou o problema está no pátio do aeroporto. Leia, na íntegra, a nota enviada pela empresa sobre o ocorrido:

"A American Airlines informa que o voo AA 992, que decolou nessa quarta (5) do Aeroporto Internacional de Confins (CNF), com destino ao Aeroporto Internacional de Miami (MIA), com 167 passageiros e 12 tripulantes, retornou ao aeroporto de origem por necessidade de manutenção. O pouso ocorreu normalmente às 23h56 (horário local). Todos os passageiros receberam assistência e foram reacomodados no próximo voo disponível, programado para esta quinta, às 20h (horário de Brasília)"

Pelas redes sociais, alguns passageiros desabafaram, relatando a situação de pânico que viveram. "#americaairlines quase causou uma tragédia ontem em Confins. Nasci de novo!", postou uma fotógrafa mineira em sua conta do Twitter.

Bombeiros desmentem boatos

" A aeronave não permaneceu voando para "queimar combustível", conforme especulações, até porque sua autonomia é superior a 8 horas de voo e o pouso se deu cerca de 20 minutos após a decolagem.

O Motor não explodiu. O relato do piloto é de que houve uma grande chama, que não teve continuidade. Após o pouso foi possível confirmar que o motor não explodiu. Toda a análise deve ser feita por uma perícia no equipamento.

Para conhecimento geral, o Corpo de Bombeiros executa este procedimento sempre que é acionado pela torre de controle do aeroporto, tratando-se de uma atividade rotineira, que visa prevenir problemas relacionados à incêndios."  

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave