Pais são detidos suspeitos de matar filha de 1 ano e 7 meses

Corpo do bebê apresentava hematomas, lesões no rosto e indícios de fratura no braço direito; suspeitos informaram que menina havia caído do berço e estava sem respirar

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Uma criança de um ano e sete meses morreu nesta quinta-feira (6) na casa dos pais, na periferia de Uberaba (MG). A Polícia Civil deteve o casal por serem os principais suspeitos de matar a menina. Peritos apontaram, em laudo preliminar, que a criança morreu devido a agressões físicas, segundo o registro policial. O corpo apresentava hematomas, lesões no rosto e indícios de fratura no braço direito.

De acordo com a polícia, os pais acionaram o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) por volta das 10h30. Por telefone, informaram que a menina havia caído do berço e estava sem respirar.

A ambulância chegou na casa 15 minutos depois, mas a equipe constatou que a menina estava morta há aproximadamente oito horas. A Polícia Militar foi acionada.

Guarda da criança

Testemunhas ouvidas pelos policiais no local relataram que o casal já havia perdido a guarda da criança e de outros seis filhos em função de denúncias de violência. A situação foi confirmada pelo Conselho Tutelar e os pais levados à delegacia para interrogatório. Eles prestam depoimento na tarde desta quinta-feira.

Durante a ação, populares tentaram agredir os dois suspeitos, mas foram contidos pelos policiais. Duas testemunhas também foram chamadas para prestar depoimento nesta tarde. A Polícia Civil ainda não se manifestou oficialmente sobre o caso.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave