Vice de futebol do São Paulo fala em W.O. na Sul-Americana e culpa CBF

Dirigente disparou várias críticas à CBF devido à mudanças em tabelas

iG Minas Gerais | Folhapress |

O vice de futebol do São Paulo, Ataíde de Guerreiro, fez duras críticas à CBF (Confederação Brasileira de Futebol) por causa de uma mudança na tabela dos próximos jogos do clube, que pode acabar com W.O da equipe paulista na semifinal da Copa Sul-Americana por falta de voos para a Colômbia.

"Temos um problema de logística, ainda não conseguimos voo para chegar a Colômbia no dia 12 [quarta-feira]. A solução é levar um time reserva para Salvador para enfrentar o Vitória [domingo] e assim conseguir disputar o jogo na Colômbia", disse o cartola ao programa Bate Bola, da ESPN Brasil.

O impasse é que o São Paulo joga em Salvador contra o Vitória no próximo fim de semana e, para interromper uma série desgastante de longas viagens (time jogou em Santa Catarina e no Equador nos últimos dias), pediu para que a semifinal da Sul-Americana contra o Nacional de Medelín, na Colômbia, marcada inicialmente para a próxima quarta (12), fosse adiada.

Até então tudo estava certo. O São Paulo jogaria na quarta-feira (12) no Morumbi contra o Internacional, adiantando jogo da 35ª rodada e somente na outra semana viajaria para a Colômbia, para enfrentar o Nacional de Medelín pelas semifinais da Sul-Americana. Assim, o clube faria uma pausa em viagens internacionais para que o time se recuperasse.

"Estava tudo certo: dia 12 a gente ia enfrentar o Internacional e dia 19 faríamos o jogo da Copa Sul-Americana. Isso foi mudado. Falei com a CBF e a justificativa é que foi a TV mudou. A TV diz que não tem responsabilidade. Queremos saber quem é responsável por essa loucura", disse o cartola. "O São Paulo não está sendo respeitado", completou.

Segundo o vice de futebol, com o problema no calendário, o São Paulo corre risco de abandonar a Sul Americana.

"Lógico que eu não quero que o São Paulo passe por uma vergonha internacional, estou tentando de todas as formas mas não estou encontrando condições de chegar na Colômbia. A CBF não está se preocupando com seus filiados. A vergonha do W.O não cai em cima da CBF porque ela se esconde, a vergonha do W.O cai em cima do São Paulo Futebol Clube", disse Ataíde em entrevista à Rádio Bandeirantes.

Ataíde disse ainda que os clubes brasileiros não têm poder no futebol, e citou que o Atlético Nacional conseguiu apoio da federação colombiana, que tem respaldo na Conmebol.

Apesar do risco de abandonar da competição sul-americana, o cartola são paulino ressaltou que está satisfeito com o elenco da equipe. Após a derrota por 3 a 2 para o Emelec (EQU) no Equador, o treinador Muricy Ramalho disse que o time está "sem pernas" e que tira força de onde não tem.

"O problema do São Paulo não é elenco. Temos elenco para disputar a Copa Sul-Americana e o Campeonato Brasileiro. Os jogadores estão cansados, mas o problema aqui é logística", disse Ataíde.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave