A grande festa do livro

A quarta edição de Bienal do Livro Minas promete trazer ao público mineiro uma programação diversificada e proporcionar encontros com grandes escritores

iG Minas Gerais | Felipe Bueno |

BELO HORIZONTE / MINAS GERAIS / BRASIL
(20/05/2012) Bienal do Livro de Minas. 
© Washington Alves / Light Press
Washington Alves/Light Press
BELO HORIZONTE / MINAS GERAIS / BRASIL (20/05/2012) Bienal do Livro de Minas. © Washington Alves / Light Press

Uma feira de livros é como uma espécie de portal, que dá acesso a um mundo paralelo, cheio de narrativas, e por onde se passa horas a fio, sem que se pense no tempo. Corredores grandes, com estandes e livros por todos os lados, tornam o local mágico para o amantes da literatura. A Bienal do Livro Minas chega à quarta edição, com o intuito de aproximar o público do universo literário e traz programação variada, para diferentes públicos. 

O evento oferece experiências e oportunidades múltiplas: crianças têm contato com a leitura, leitores se aproximam de escritores, autores novos têm a chance de se lançarem no mercado. É um intercâmbio de conhecimento. Além disso, as editoras podem conhecer a produção literária local. Momento e ambiente mais que oportuno para descobrir novas histórias e novos romances, recitar poemas e relaxar a mente.

Com mais de 160 expositores, entre editoras e livrarias, o público mineiro terá o privilégio de acompanhar uma programação cultural para todos os gostos - serão 10 dias, de 14 a 23 de novembro. O evento tem, claro, um roteiro especial para o público infantojuvenil, com o Conexão Jovem, que contará com a participação dos escritores Pedro Bandeira, Carina Rissi e Isabela Freitas, além de Raphael Draccon, autor de sucesso entre os jovens, com livros que abordam a temática sobrenatural.

Muitas pessoas foram inseridas no mundo da leitura a partir de histórias épicas, de super heróis, narradas em balõezinhos. Para estes, fãs inveterados de HQ, a feira literária criou uma Bienal em Quadrinhos dentro da Bienal do Livro. O show à parte tem curadoria de Afonso Andrade, quadrinista mineiro, que responde também pela realização do Festival Internacional dos Quadrinhos (FIQ).

A Bienal em Quadrinhos chega à segunda edição e aposta na interatividade e nas brincadeiras. Uma delas é a improvisação de quadrinistas, que consiste na criação, no local, de histórias com temas definidos, sob a observação do público. Nesse espaço, há ainda um painel para que desenhistas contribuam, ajudando a criar uma tira coletiva. Os artistas participantes poderão ser desafiados pelos visitantes, que proporão um assunto para uma tira em quatro quadrinhos. Estão previstas, ainda, palestras, bate-papos com escritores, sessões de autógrafos e lançamentos de livros.

SERVIÇO IV Bienal do Livro de Minas Gerais 2014 De 14 a 23 de Novembro Local: Expominas - Avenida Amazonas, 6.030 - Bairro Gameleira / Belo Horizonte  

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave