PM diz ter condições de garantir a segurança com 10% ou meio a meio

Clubes, no entanto, já iniciaram venda de ingressos para jogos de torcida única no Mineirão e no Independência

iG Minas Gerais | THIAGO NOGUEIRA |

Mineirão ficou dividido pela última vez no clássico de reabertura do estádio, em 2013
JOÃO MIRANDA/OTEMPO - 03.02.2013
Mineirão ficou dividido pela última vez no clássico de reabertura do estádio, em 2013

A Polícia Militar de Minas Gerais (PMMG) garante: se for de comum acordo entre os clubes, Federação Mineira (FMF) e demais órgão envolvidos, a corporação é capaz de garantir a segurança dos torcedores em  um clássico meio a meio, com 10% de visitantes ou de torcida única. O planejamento seria possível tanto para o Mineirão, quanto para o Independência.

“Para mim, é indiferente. Nós trabalhamos de acordo com a realidade. Se for 10%, seria uma operação mais complexa mas, no Mineirão, por exemplo, não se tem sido mais problema com as torcidas de fora se concentrando no Mineirinho”, ressaltou o chefe do Comando de Policiamento da Capital, coronel Ricardo Machado.

A federação também já se posicionou com relação à divisão de torcida. “Se a PMMG quiser, temos plenas condições de dois jogos, com duas torcidas. A FMF quer e apoia”, disse o presidente da entidade, Castellar Neto.

Os clubes, por sua vez, já se posicionaram. Mediante o sorteio nesta tarde, na sede da CBF, no Rio, a partida de ida acontece no Independência, dia 12, com o mando do Galo, e o jogo de volta será no Mineirão, dia 26, com o mando do Cruzeiro.

Os clubes já divulgaram os esquemas de venda de ingressos para os jogos contemplando apenas torcedores de suas equipes. Uma reunião entre os clubes está prevista para esta sexta-feira. O Ministério Público informou que ainda não foi notificado sobre a decisão dos clubes, o que o impede de se posicionar sobre a questão.  

Leia tudo sobre: mineirãoclássicoduas torcidas10%