Diretoria do Galo suspende contratos de indisciplinados por 30 dias

Clube já havia informado que Jô, André e Emerson Conceição não jogariam mais pelo Atlético até o fim da temporada

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Como a diretoria alvinegra já tinha anunciado, os atacantes Jô e André, e o lateral-esquerdo Emerson Conceição não jogam mais pelo clube neste ano. E nesta quinta-feira, o departamento jurídico do clube formalizou a decisão de suspender os contratos dos atletas pelo período de 30 dias.

“O Clube Atlético Mineiro vem comunicar a sua decisão em suspender, por 30 (trinta) dias, prazo máximo definido em Lei, os contratos mantidos com os atletas Jô, André e Emerson Conceição, diante de graves atos de indisciplina e de desordem por eles praticados na madrugada do dia 02 para o dia 03.11.2014, no Hotel Bourbon, em Curitiba, durante período de recuperação e preparação, nos termos definidos pelo Clube, para a partida decisiva pela Copa do Brasil”, disse o clube, através de uma nota.

O Galo já informou os atletas sobre esta decisão. “O Atlético já adota as medidas jurídicas pertinentes, com a remessa de notificação formal aos atletas, dando-lhes ciência quanto à suspensão de seus contratos, destacando que eventuais outros prejuízos poderão ser apurados e cobrados, conforme a legislação vigente”, informou a agremiação.

Na segunda-feira, a diretoria alvinegra havia informado que os atletas não jogariam mais pelo Atlético até o fim da temporada, devido aos atos de indisciplina cometidos no hotel Bourbon, em Curitiba, após a derrota por 1 a 0 para o Atlético-PR, pelo Brasileirão.

O vínculo dos três se encerra em 2016: o de André no dia 30 de junho, o de Jô, em 23 de maio, e o de Emerson Conceição em 31 de março de 2016.

Leia tudo sobre: AtleticoGaloAndréEmerson Conceição