Levir motivou jogadores com manchetes provocativas da mídia carioca

Treinador eximiu o Fla de culpa pelas provocações, mas lamentou a atitude desrespeitosa de setores da imprensa do Rio

iG Minas Gerais | JOSIAS PEREIRA |

Na construção de um caminho vitorioso existem detalhes que forjam o caráter de um grupo e traz ainda mais motivação na busca pelos triunfos. A história do Atlético na Copa do Brasil apresenta essas nuances. Foi assim com a dancinha do técnico corintiano Mano Menezes e agora com manchetes provocativas de jornais cariocas, que exaltaram durante todo o período da disputa da semifinal da Copa do Brasil a "freguesia" alvinegra em relação aos duelos mata-mata com o Flamengo.

Pois bem! Após a épica vitória alvinegra sobre o Flamengo por 4 a 1, no Mineirão, na noite dessa quarta-feira, o técnico Levir Culpi admitiu ter usado as matérias da mídia carioca como parte da motivação dos jogadores para o clássico nacional ante os rubro-negros. O treinador eximiu o Flamengo de culpa pelas provocações, mas lamentou a atitude desrespeitosa de setores da imprensa do Rio.

"Fui aconselhado a usar as manchetes de pouco respeito contra nosso time. Manchetes de pouca inspiração. Os torcedores ficaram chateados e não conseguem entender situações como estas. Tenho que lembrar que em nenhum momento isto partiu do Flamengo, do clube. São coisas de certa parte da imprensa. Ganhamos dentro de campo, jogando futebol", concluiu.

Quando saiu a definição do confronto entre Atlético e Flamengo pela semifinal da Copa do Brasil, a edição carioca do jornal Lance! provocou o Atlético com a manchete "Alô, Freguês!". Após a vitória rubro-negra no primeiro confronto por 2 a 0, no Maracanã, o diário voltou a alfinetar com a manchete “Freguezão”. A vingança preta e branca se deu nessa quarta-feira, novamente com um triunfo épico por 4 a 1.  

Leia tudo sobre: atleticogaloflamengosemifinaiscopa do brasilmancheteslevirmotivou