Levir lamenta dispensa de trio do Galo: "Me sinto um perdedor"

Na avaliação do treinador, a sensação era de derrota por ter perdido Jô, André e Conceição para situações extracampo

iG Minas Gerais | JOSIAS PEREIRA |

Será o quarto clássico de Jô contra o Cruzeiro, arquirrival do Galo no futebol nacional
BRUNO CANTINI/ATLÉTICO
Será o quarto clássico de Jô contra o Cruzeiro, arquirrival do Galo no futebol nacional

O clima é de festa, mas o Atlético ainda convive com problemas internos bastante lamentados pelo treinador Levir Culpi. Em sua entrevista coletiva após a vitória épica sobre o Flamengo por 4 a 1, na noite desta quarta-feira, no Mineirão, Levir deixou o tom eufórico para falar sério sobre a situação de Jô, André e Emerson Conceição, dispensados pelo clube após atos de indisciplina cometidos na capital paranaense, no último fim de semana.

Na avaliação do treinador, a sensação era de derrota por ter perdido jogadores importantes para situações extracampo, impossíveis de serem geridas por um comandante de futebol.

"Não me considero um gestor, me considero um perdedor. Perder três jogador numa hora dessa significa que não consegui passar para eles o que eu tinha proposto. Fiquei triste com essa situação e me senti derrotado porque eu sei o que eles sentem. Procuramos dar exemplos para que eles tenham uma carreira melhor. Eles (jogadores) não são preparados para atingir o estrelato e a parte financeira que eles têm. Isso me dói muito, porque sempre conto as histórias minhas como jogador e treinador. São três ótimas pessoas, não são mau-caráter. Mas não são educados para ser os profissionais que deveriam ser", destacou.

Nesta quinta-feira, a diretoria do Atlético irá anunciar o que será feito do futuro dos três jogadores. Existe a possibilidade desta decisão ser até mesmo postergada, no entanto, o Atlético segue seu caminho e agora com foco total na grande decisão da Copa do Brasil. 

Leia tudo sobre: AtleticoGalolamentacaoLevir CulpiAndreJoConceicaoindisciplinadispensados