Petrobras sinaliza manutenção de preços

A companhia diz também que “não procede a informação que a PriceWaterhouseCoopers (PWC) haveria se negado a aprovar as demonstrações financeiras da companhia”

iG Minas Gerais |

São Paulo. Na noite desta quarta, a Petrobras divulgou nota informando que “a orientação do conselho de administração tem sido pela manutenção dos níveis de preços”. A companhia ressalta, no comunicado, que o reajuste dos combustíveis é assunto de competência da diretoria executiva, observando-se a política de preços, que foi aprovada pelo conselho de administração em 29 de novembro de 2013.

A empresa confirma que está agendada uma reunião do conselho de administração para o próximo dia 14 de novembro, cuja pauta prevê a apresentação das demonstrações financeiras do terceiro trimestre de 2014.

A companhia diz também que “não procede a informação que a PriceWaterhouseCoopers (PWC) haveria se negado a aprovar as demonstrações financeiras da companhia”.

Inflação. O aceno de um reajuste no preço da gasolina e do diesel após a reunião de conselho da Petrobras, na última terça-feira, elevou o risco de estouro da meta de inflação estipulada pelo governo, cujo teto é de 6,5%. As previsões para o fechamento do Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) em 2014 já estão em torno de 6,4% sem um encarecimento nos combustíveis, segundo economistas.

Desde 2011 o governo não enfrentava risco tão grande de não cumprir a meta inflacionária.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave