“Conversa” com indústria vai começar

Segundo o ministro, a presidente Dilma Rousseff quer levar para seu segundo mandato as 42 propostas apresentadas a ela pelo setor produtivo

iG Minas Gerais |

BRASÍLIA. Governo e empresários começam a discutir, na semana que vem, uma agenda comum de desenvolvimento e melhora da competitividade do setor produtivo brasileiro. O anúncio foi feito ontem pelo ministro chefe da Casa Civil, Aloizio Mercadante, a uma plateia de 1.800 homens de negócios que participam do Encontro Nacional da Indústria (Enai).  

Segundo o ministro, a presidente Dilma Rousseff quer levar para seu segundo mandato as 42 propostas apresentadas a ela pelo setor produtivo. “Essas propostas apresentadas pela Confederação Nacional da Indústria servirão como ponto de partida dessa interlocução no segundo mandato”, disse.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave