Quatro obras poderão paralisar

No Rio Grande do Sul, a implantação e pavimentação da rodovia R–448 também tem irregularidades que justificam o pedido de paralisação

iG Minas Gerais | Da Redação |

O relatório de fiscalização do Tribunal de Contas da União (TCU) pede a paralisação de quatro obras de infraestrutura no país financiadas com recursos do governo federal. Nenhuma delas em Minas.  

No Piauí, o órgão sugere a paralisação da construção da Vila Olímpica em Parnaíba e do Complexo Materno em Teresina. No Rio de Janeiro, as obras das Bacias dos rios Iguaçu, Botas e Sarapuí, na Baixada Fluminense, devem ser paralisadas.

No Rio Grande do Sul, a implantação e pavimentação da rodovia R–448 também tem irregularidades que justificam o pedido de paralisação.

Em relação à retenção de recursos, cinco obras serão afetadas: o Canal do Sertão em Alagoas, o Terminal Fluvial de Barcelos no Amazonas, a implantação do trecho Sul de trens urbanos em Fortaleza (CE), a construção da ferrovia Norte/Sul em Goiás e a construção da refinaria Abreu e Lima, em Recife (PE). 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave