Presidenciáveis ainda não prestaram contas

iG Minas Gerais |

Entre os principais candidatos a presidente da República, apenas Marina Silva (PSB) havia entregado sua prestação de contas, conforme o sistema do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). A candidata declarou receitas e despesas no valor de R$ 62.066,728,32.

Marina se tornou candidata após a morte de Eduardo Campos, em acidente aéreo no dia 13 de agosto. Até aquela data, a campanha do ex-governador de Pernambuco havia declarado receitas e despesas de R$ 17,6 milhões. Ou seja, se somarmos as duas prestações de conta, o gasto do PSB, terceiro colocado nas eleições deste ano, ficou em mais de R$ 60 milhões.

As campanhas de Dilma Rousseff (PT) e Aécio Neves (PSDB) não haviam entregado suas prestações até o fechamento desta edição. (LP)

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave