Em busca da melhor ferramenta

iG Minas Gerais |

Nova Iork, EUA. Nos experimentos para identificar as melhores ferramentas, o Facebook acrescentou termos mais descritivos, como “sentimentos” e “tristeza”, e o total de cliques subiu para 80%, segundo o responsável pela área no Facebook, Arturo Bejar.

“Testamos respostas prévias ou respostas escritas pelos usuários”, afirmou Brackett. “Se o pessoal recebe uma caixa de texto vazia para preencher, eles escrevem coisas que só pioram a situação”, incluindo palavrões. Quando o Facebook passou a oferecer respostas mais completas, como: “Esse post é maldoso. Fiquei triste com ele e não queria que estivesse no Facebook”, 85% dos adolescentes que queriam que o post fosse removido enviaram a mensagem. “Quando eles mostram que alguém ficou pessoalmente ofendido com aquilo, há uma boa chance de que o autor do post o tire da rede”, afirmou Brackett. O mais interessante é que na maioria das vezes o post não tinha o objetivo de ofender, era só uma piada cujo sentido de alguma forma se perdeu. (NB)

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave