Temer reúne-se com deputados do PMDB em busca de unidade no partido

Dos 28 convidados, 12 novos parlamentares compareceram ao encontro, nesta terça-feira (4), em seu gabinete do Palácio do Planalto

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Michel Temer reúne-se com deputados do PMDB em busca de unidade no partido
Agência Brasil
Michel Temer reúne-se com deputados do PMDB em busca de unidade no partido

Vice-presidente da República, Michel Temer, disse nesta terça-feira (4), durante encontro com deputados peemedebistas, que ainda não conversou com a presidenta Dilma Rousseff a respeito da composição do ministério no segundo mandato. Temer afirmou, ainda, que a unidade do PMDB, partido que preside, está sendo construída aos poucos e que a formação de blocos no Congresso Nacional é natural.

Reeleito vice de Dilma Rousseff, Temer recebeu, em seu gabinete do Palácio do Planalto, os deputados eleitos do PMDB para a primeira legislatura na Câmara. Dos 28 convidados, 12 novos parlamentares participaram do encontro. “Ainda não existe conversa a respeito disso”, respondeu jornalistas sobre mudanças no primeiro escalão do governo.

“Em um regime presidencial, quem decide é a presidenta Dilma. Ela não começou a tratar do assunto. Quando ocorrer, vamos ouví-la. O PMDB conversará com a presidenta. Simplesmente isso”, limitou-se a responder.

Sobre a proposta do líder do partido na Câmara, Eduardo Cunha (RJ), de criação de um bloco de parlamentares insatisfeitos com o governo, Temer disse que a formação de grupos como o “blocão” é natural no Parlamento. O vice-presidente ressaltou que o PMDB sempre apoiou o governo de Dilma Rousseff.

“O PMDB deu governabilidade absoluta à presidenta Dilma, como, no passado, fez com outros governos. Não tivemos uma falha sequer. O PMDB considera que não há um projeto que não tenha sido apoiado e aprovado pela força política do partido. Continuaremos garantindo essa força ao governo”, assinalou. Lembrou que, compondo a Vice-Presidência, o PMDB faz parte do governo não somente como aliado.

“A unidade será construída aos poucos”, ressaltou Temer sobre o esforço para unificar o partido. Hoje à noite, ele promove jantar de confraternização com todos os governadores, senadores e deputados, atuais e eleitos. Aproximadamente 140 políticos têm presença confirmada. Amanhã (5), o vice-presidente reúne o Conselho Político, para tratar da proposta de reforma política, tema que, segundo ele, "está em todas as almas dos brsaileiros".

 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave