Multinacional incentiva a descoberta de talentos brasileiros

Concurso quer atrair estudantes brasileiros que estão cursando universidade e ensino técnico para a área de inovação; déficit de profissionais de TI no mercado é de 45 mil vagas

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

A inovação tecnológica é um dos principais capitais de um país, e o Brasil vem ficando atrás nesse quesito. O país está em 19ª posição mundial no número de patentes válidas, de acordo com um recente relatório Organização Mundial de Propriedade Intelectual (WIPO), vinculada à Organização das Nações Unidas (ONU), atrás de lugares considerados como grandes inovadores como Estados Unidos, China, Coreia do Sul, Alemanha e França, entre outros. Especialistas da indústria apontam que uma das causas para esse problema é a escassez de mão de obra qualificada. Segundo levantamento feito pela Brasscom (Associação Brasileira de Empresas de Tecnologia da Informação e Comunicação), existe um déficit de 45 mil profissionais de TI no mercado. Engenheiros são os principais profissionais que faltam ao mercado, levando o governo a considerar até mesmo atrair pessoas de outros países, numa espécie de projeto apelidado como “Mais Engenheiros”. Porém, algumas empresas têm investido para atrair estudantes brasileiros que estão cursando universidade e ensino técnico para a área de inovação. Uma delas é a Telit Wireless Solutions, multinacional italiana que atua no mercado de Internet das Coisas (IoT) e que lançou recentemente a Telit Cup Brasil, uma competição na qual grupos de estudantes terão de apresentar plano de negócios e elaborar uma solução IoT que melhore a qualidade da vida das pessoas em centros urbanos. O primeiro prêmio será viagem para Las Vegas para todos os membros do grupo para visitar e expor sua solução na CTIA, uma das maior feiras de tecnologia do mundo. Ricardo Buranello, vice-presidente e diretor geral da Telit América Latina, conta que a iniciativa veio da necessidade em aumentar os produtos criados dentro do país que usem a tecnologia M2M. “O objetivo principal dessa ação é gerar start ups e negócios no mundo real que possam potencialmente ser inseridos no mercado e melhorar a qualidade de vida em nossas cidades”. Buranello explica que a propriedade intelectual de todas as soluções desenvolvidas durante a competição pertencerá exclusivamente aos estudantes e professores orientadores responsáveis por sua criação. A Telit é fornecedora de módulos e serviços para o mercado M2M e Internet das Coisas, considerada uma das principais tendências tecnológicas para o futuro. Por isso, fomentar o aumento de novas soluções é estratégico para os negócios da empresa dentro da América Latina.” Nosso papel é fornecer todo o suporte que as empresas, estudantes e futuros inovadores atinjam seus objetivos. Estamos bastante ansiosos pelos projetos que vamos encontrar. Queremos ajudar a formar o próximo Steve Jobs, e de preferência que ele seja brasileiro”, diz Buranello.

A Copa Teli Brasil será composta por grupos de até três estudantes e um professor orientador, que desenvolverão projetos equipados com tecnologia de comunicação máquina a máquina (M2M) que permitirá melhorar a qualidade de vida nas cidades. Um painel de jurados composto por executivos do setor será responsável por avaliar os melhores trabalhos e assessorar os estudantes tanto na parte técnica como no aconselhamento de negócios.

Grupos interessados devem se inscrever até 04 de dezembro de 2014. Formulários de inscrição e regulamento podem ser obtidos na página https://www.facebook.com/telitcupbrasil. Para mais informações e envio de formulários preenchidos, contate telitcup@telit.com.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave