“Levei a bolinha para prova”

Thaís Pietro Aluna de estatística da Unicamp

iG Minas Gerais |

“Conheci a Tereza Barreto em dezembro de 2013, quando estava começando a prestar as provas de vestibular e uma amiga minha me convidou para participar das oficinas de bordado motivacionais.  

Quase recusei o convite,mas então pensei, por que não? Foi a partir daí que as mudanças começaram a acontecer. Eu me encantei pelo bordado e com a luz da Tereza. Comentei com ela que eu estava prestando alguns vestibulares, que queria muito passar, mas que estava insegura.

Então ela disse que Deus iria fazer o que fosse melhor para mim. Levei aquilo comigo. Terminaram as oficinas, e eu tinha passado na primeira fase de todos os vestibulares que eu prestei. Então fui fazer a segunda fase. Nas primeiras provas eu estava muito segura, mas quando chegaram as provas da Unicamp eu senti uma emoção tão forte que não consegui controlar o choro. Então peguei a bolinha que eu fiz durante as oficinas e levei para as provas. Eu sabia que ela me acalmaria e me traria algo bom. O resultado foi que Deus fez o melhor para mim, eu passei na Unicamp”.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave