Para encerrar um ciclo de vida e abrir espaço ao início de outro

Sesc Palladium recebe lançamento de “A Festa do Adeus”, livro de estreia do mineiro Leonardo Beltrão

iG Minas Gerais | daniel toledo |

Publicação traz dez contos inéditos sobre relacionamentos afetivos
Acervo Pessoal/Divulgação
Publicação traz dez contos inéditos sobre relacionamentos afetivos

Quando estava prestes a completar 30 anos, o jornalista mineiro Leonardo Beltrão decidiu fazer uma longa e imprevisível viagem que serviria como uma espécie de divisor de águas em sua vida. Foi durante essa viagem que ele encontrou tempo e inspiração para finalizar um projeto que já vinha de alguns anos. Depois de atravessar 14 países e três continentes, Beltrão está de volta a Belo Horizonte para expirar novos ares e lançar o livro “A Festa do Adeus” (Relicário Edições), nesta terça à noite, no Foyer do Sesc Palladium.

Em uma compilação de dez contos inéditos, o autor cria narrativas em que se misturam aspectos ficcionais e biográficos, culminando em sucessivas reflexões em torno dos relacionamentos afetivos que inevitavelmente estabelecemos ao longo da vida.

“O livro se confunde, de certa maneira, com a minha própria história. Afinal, todos os contos são escritos em primeira pessoa. E, muito embora sejam ficção, as narrativas são um pouco autobiográficas também, afinal, essa viagem foi, em parte, a minha própria festa do adeus ao primeiro ciclo de vida”, observa Beltrão, sobre seu trabalho de estreia na literatura.

Ao mesmo tempo em que se constitui como uma espécie de festa de boas-vindas ao escritor, que retornou à capital mineira há menos de dois meses, o lançamento de “A Festa do Adeus” serve como celebração de um trabalho viabilizado por muitas mãos – a publicação do livro só foi possível por meio de um financiamento coletivo que mobilizou cerca de 140 colaboradores.

“Como um ponto positivo desse tipo de financiamento, destaco justamente a possibilidade de envolvimento do público por um viés muito mais afetivo do que comercial, já que todo o processo exige um envolvimento grande do realizador”, analisa Beltrão, que comandou à distância a campanha que viabilizou a publicação do livro.

“Quando a campanha começou, eu estava no Camboja. Depois, passei por Marrocos e acabei fechando a campanha na Espanha. As minhas únicas ferramentas foram as redes sociais, o e-mail e o boca-a-boca dos meus próprios amigos e familiares”, completa.

Agenda

O quê. Lançamento de “A Festa do Adeus”, de Leonardo Beltrão

Quando. Nesta terça, às 20h

Onde. Foyer do Sesc Palladium (av. Augusto de Lima, 420, centro)

Quanto. Entrada gratuita; o livro será vendido por R$ 30

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave