Da maturidade, a diversão

João Donato continua série de shows na capital mineira acompanhado de seu filho Donatinho e da banda Dibigode

iG Minas Gerais | Vinícius Lacerda |

João Donato continua a celebrar seus 80 anos no CCBB em BH
SIMONE PORTELLADA / DIVULGAÇÃO
João Donato continua a celebrar seus 80 anos no CCBB em BH

A sensação ao conversar como o músico João Donato sobre música é a de que ele poderia falar por horas sobre as engrenagens e sutilezas dessa manifestação artística sem cansar o ouvinte. O domínio sobre o assunto reflete a maturidade do ícone da música brasileira que, em Belo Horizonte, vem comemorando seus 80 anos com uma série de shows semanais em outubro e novembro, no Centro Cultural Banco do Brasil. Depois de se apresentar com Toninho Horta e Aline Calixto, João divide o palco, nesta quarta, com seu filho Donatinho e a banda Dibigode.

Apesar da alegria com a série, confessa que as viagens semanais do Rio de Janeiro para Belo Horizonte, esperas em aeroportos, acerto de repertório e um ensaio anterior com o convidado para acertar os arranjos finais, tudo isso é cansativo, mas ressalva: “o importante é que está dando para divertir. Enquanto estiver sendo divertido, vou fazendo”, diz.

Como vem acontecendo na série, o repertório inclui sucessos de João Donato apresentados em parceria com seus convidados. nesta quarta, farão parte sucessos, como “Bananeira”, “Cala Boca Menino” e “Bambu”. “Com o pessoal do Dibigode, uma banda que tenho interesse em conhecer já faz tempo, combinei as músicas por e-mail. Já com o Donatinho, encontrei com ele e perguntei quais ele queria tocar. Ele sempre escolhe aquelas com mais balanço”, diz. “Acho que o resultado vai ser bom porque todos estamos fazendo isso com prazer e não por obrigação. Quando as coisas são feitas assim, o resultado é sempre positivo, pois a vibração de alegria se espalha no show. Essa é a magia da música”, sublinha.

CONVIDADO MINEIRO. Além do filho do homenageado, a banda mineira Dibigode sobe ao palco nesta apresentação como um dos convidados especiais. Formado em 2007 por cinco jovens multi-instrumentistas, o grupo vem sedimentando seu lugar como referência da música instrumental produzida em Minas Gerais, chamando, inclusive, a atenção dos produtores de João Donato. “A produção dele entrou em contato conosco e fez o convite para participarmos do show. Acredito que a escolha foi baseada na vontade dele de encontrar uma banda instrumental que, de alguma forma, representasse a cena atual da cidade”, diz o baterista Thiago Eiras.

Foi assim que os integrantes da banda, que depois do show partem para a terceira turnê nos Estados Unidos, tornaram-se parte dos convidados para a sequência de shows. A experiência para o grupo, expressada por Eiras, é de felicidade. “Será uma honra imensa dividir o palco com alguém com um bagagem como ele e uma oportunidade de aprendizado. Dentro dessa perspectiva, confesso que o ensaio talvez seja a parte que mais iremos aproveitar por ser um momento em que não temos muito compromisso com o público e que vamos ter a chance de discutir arranjos e mostrar propostas de alterações para algumas canções”, afirma Eiras.

Ao ser questionado qual característica mais chama atenção em João Donato, o jovem baterista não vacila e profere: “Ele fica muito à vontade no palco. É como se ele estivesse tocando na sala da casa dele”, diz Eira, antes de adicionar que admira também o músico por conseguir integrar e absorver estilos musicais distintos e executar as músicas com virtuosismo que poucos apresentam atualmente.

De fato, João sente-se tranquilo, algo que segundo ele veio com o tempo. “Quando tinha 7 anos, meus pais pediam para eu tocar para vizinhos e geralmente recusava, pois achava aquilo muito esquisito. Com o tempo, você passa a não se preocupar e aí tudo fica mais tranquilo”, diz Donato, que aproveita a comemoração de oito décadas de vida para afirmar sua vontade de prosseguir tocando: “Espero viver por muito tempo e tocar enquanto estiver vivo e, claro, enquanto for divertido. Afinal, fazer música é como preparar bálsamo: bom para quem faz, bom para quem usa”, compara.

Agenda

O quê. João Donato 80 + com Dibigode e Donatinho

Quando. Nesta quarta, às 20h

Onde. Centro Cultural Banco do Brasil (praça da Liberdade, 450, Funcionários)

Quanto. R$ 10 (inteira)

Programe-se

Próximos shows de João Donato em Belo Horizonte: – 12 de novembro, com Marina de La Riva

– 19 de novembro, com Thiago Delegado

– 26 de novembro, com Fernanda Takai

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave