Jornalista da BBC abandona carreira para virar freira

Ex-repórter irá se juntar à congregação das Irmãs Adoradoras em Belfast e trabalhará, provavelmente, na fabricação de hóstias; ela pediu orações para a nova carreira

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Marina trabalhava com política norte-irlandesa desde 1991.
Reprodução / The Independent
Marina trabalhava com política norte-irlandesa desde 1991.

A repórter de política da rede BBC na Irlanda do Norte Martina Purdy anunciou que irá abandonar a carreira de 25 anos para se tornar freira. A jornalista, uma das mais conhecidas repórteres da emissora conhecida em todo o mundo, fez o anúncio em um comentário no Twitter.

Purdy declarou que esta é uma "decisão muito pessoal" em favor de "uma vida completamente diferente". A jornalista irá se juntar à congregação das Irmãs Adoradoras em Belfast e trabalhará, provavelmente, na fabricação de hóstias.

"Sei que muitos não vão entender essa decisão. Foi uma decisão difícil, mas tomada com amor e grande alegria", disse ela, posteriormente, em nota. "Peço por orações ao embarcar nesse caminho com toda humildade, fé e confiança."

Nascida em Belfast mas criada no Canadá, Marina trabalhava com política norte-irlandesa desde a década de 90. Ela acompanhou todo o processo de paz na região.

Marina fez questão de afirmar que o jornalismo é uma profissão "imensamente gratificante" e que farão falta os colegas. A futura freira também desejou sorte aos políticos em seus empreendimentos futuros.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave