Medida vai ser obrigatória no Estado

De acordo com o tenente do Corpo de Bombeiros Vitor Leite – que atua na área de normas – a corporação assessorou o governo com relação ao decreto

iG Minas Gerais | Aline Diniz |

Dentro de dois anos, será obrigatória em todo o Estado a veiculação do vídeo, com duração de mínima 30 segundos, para instruir frequentadores de boates e casas noturnas sobre incêndios e outros acidentes. A necessidade foi regulamentada por um decreto, publicado em 11 de setembro deste ano, alterando legislação de 2001, que trata da prevenção contra incêndio e pânico em Minas Gerais.  

De acordo com o tenente do Corpo de Bombeiros Vitor Leite – que atua na área de normas – a corporação assessorou o governo com relação ao decreto. Ele acredita que, com o passar do tempo, é necessário reformular regras. “Minas Gerais tem normas modernas, mas temos muito o que melhorar. Não temos curso superior de engenharia de incêndio”, acredita.

Multa. Ainda conforme o tenente, o decreto prevê multas de até R$ 4.000 para aqueles que descumprirem as regras. No caso de reincidência, o valor da multa pode ser cobrado em dobro, e o local pode ser interditado.

Sobre a fiscalização, o militar informou que é um trabalho árduo, que deve ser realizado em vários tipos de edificações – e não somente em casas noturnas. 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave