Preso suspeito de aliciar três menores na Praça Sete

Ao chegarem na casa do suspeito o trio teria sido convidado a assistir um filme de terror no quarto do jovem; uma delas chegou a ser estuprada, segundo a Polícia Civil

iG Minas Gerais | Jhonny Cazetta |

Durante um passeio na praça Sete, no Centro de Belo Horizonte, três adolescentes de 13 anos teriam sido aliciadas por um jovem, na noite de terça-feira (28). Uma delas, segunda a Polícia Civil, chegou a ser estuprada na casa do suspeito.

“Elas estavam passeando naquela região, por volta das 22h, quando esse rapaz perguntou o que elas estavam fazendo na rua aquela hora e as chamou para dormir na casa dele, no bairro Santa Teresa, região Leste da capital. A desculpa que ele dava é que meninas como elas não poderiam estar na rua tarde da noite”, contou a delegada do caso, Gislaine de Oliveira Rios.

Ao chegarem na casa do suspeito, que tem 20 anos, o trio então teria sido convidado a assistir um filme de terror no quarto do jovem. “Foi nessa hora que ele teria partido para cima de uma dessas meninas, a agarrando com força e, então, mantido uma conjunção carnal com a adolescente”, disse a delegada.

A menina só teria sido salva após uma das amigas conseguir fugir do local e chamar a polícia. “O suspeito deverá ser indiciado por estupro de vulnerável, já que a vítima possui menos de 14 anos. A pena é de oito a 15 anos de prisão”, afirmou a delegada Gislaine, acrescentando que as meninas são da cidade de Ribeirão das Neves, na região metropolitana, e já estão com a família. Nenhuma delas ficou ferida.

Durante a apresentação do caso, o suspeito do crime negou ter aliciado as garotas. De acordo com ele, a intenção era só ajudar as meninas. “Não tinha o pensamento de fazer sexo com elas. Só que acabou rolando, com total consentimento. Não sabia que essa menina era menor de idade. Se elas falam que o que aconteceu foi estupro, elas estão mentindo”, garantiu.

Ainda de acordo com a delegada, as investigações sobre o crime continuam. “Vamos investigar também se esse menino também já praticou esse mesmo crime com outras adolescentes. A abordagem dele é suspeita”, concluiu Gislaine.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave