Estelionatários que aplicavam golpe do bilhete premiado são presos

Grupo foi detido após denúncia anônima; com eles, foram apreendidos comprovantes de depósitos no calor de R$ 10.000

iG Minas Gerais | Bruna Carmona |

Trio estava hospedado em Luz e foi detido quando tentava aplicar golpe em Pará de Minas
Polícia Militar/Divulgação
Trio estava hospedado em Luz e foi detido quando tentava aplicar golpe em Pará de Minas

Um trio de estelionatários paulistas foi preso na manhã desta quarta-feira (29), em Pará de Minas, na região Central do Estado, suspeito de aplicar o golpe do bilhete premiado. Dois homens, de 49 e 50 anos, e uma mulher, de 34, foram detidos no bairro Nossa Senhora das Graças, quando tentavam aplicar o golpe em uma mulher que havia acabado de sair de uma agência bancária.

Militares da 19ª Cia de PM Independente receberam a informação de que pessoas suspeitas estavam circulando pela cidade em um carro com placa de Araçatuba, no interior de São Paulo, e conseguiram efetuar a prisão. De acordo com a PM, um dos homens, de 49 anos, tinha um mandado de prisão em aberto pelo crime de estelionato.

O trio confessou aos militares que tinha vindo de São Paulo para aplicar os golpes em Minas. Eles estavam  hospedados em um hotel na cidade de Luz, de onde saíam para cometer os crimes.

Com os suspeitos, a polícia encontrou e apreendeu vários comprovantes de depósitos bancários recentes no valor aproximado total de R$ 10.000 - segundo os próprios autores, produto de golpe - além de cartões bancários, documentos e outros objetos usados nos crimes, além de vários "falsos bilhetes premiados". A PM de Luz realizou buscas no hotel ocupado pelo trio e encontrou drogas e celulares. O carro usado por eles também foi apreendido.

A ocorrência foi encerrada na Delegacia de Polícia Civil de Pará de Minas.

Leia tudo sobre: pará de minasestelionatocrime