Trio faz empresários reféns por 16 horas e foge com Chanel e Old Park

Casal foi rendido dentro de condomínio de luxo na manhã de segunda, e liberado na madrugada de terça; nenhum bandido foi identificado ou localizado

iG Minas Gerais | CAROLINA CAETANO |

Um casal de empresários do ramo de automóveis passou por momentos de desesperos dentro da própria casa, em Uberaba, no Triângulo Mineiro. Três bandidos invadiram o imóvel deles, localizado em um condomínio de luxo, na última segunda-feira (27) e mantiveram as vítimas reféns por cerca de 16 horas. Os assaltantes fugiram com vários pertences da residência, objetos pessoais de marcas famosas e liberaram o dono da casa apenas na madrugada dessa terça-feira (28).

De acordo com o boletim de ocorrência da Polícia Militar, o empresário de 41 anos contou à corporação que chegou na garagem de casa, localizada no condomínio Recanto das Torres, com a companheira por volta de 11h40. Nesse momento, eles foram rendidos por dois homens armados, que obrigaram o casal a entrar no imóvel.

Lá, mais um homem se juntou aos criminosos. Enquanto as vítimas eram mantidas soba mira de uma arma, dois homens reviraram a casa à procura de dinheiro e de um cofre, que não tinha no imóvel. Enquanto estiveram na residência, os assaltantes recolheram uma carteira retangular da Chanel, um óculos Louis Vuitton, dois pares de tênis Asics, um par de botas Timberlake, uma TV de 50 polegadas, um videogame Wii, dois relógios Montblanc, dois relógios Gucci, sendo um deles com ponteiro de fundo salmão, um relógio Tissot, um Home theater, duas máquinas fotográficas, uma filmadora, dois aparelhos  Blu-Ray, malas de viagens e três máquinas de cortar cabelo.

Não satisfeitos, os bandidos ainda pegaram várias joias da empresária de 42 anos. Entre elas, alguns anéis em ouro branco e brilhantes. Cerca de R$ 4 mil em dinheiro  e 5.000 dólares.

Da cozinha foram levadas seis peças de picanha e 12 garrafas de  whisky Old Park e Blue Label. Após virar a noite na casa, os bandidos saíram pela porta da frente do condomínio em um dos carros da família. Para não levantar suspeitas, o empresário foi obrigada a dirigir o veículo. A vítima foi abandonada minutos depois  no final da Avenida Dona Maria de Santana Borges. O automóvel foi abandonado na BR-050. Até a manhã desta quarta-feira (29), ninguém havia sido preso.

Bandidos entraram pelos fundos

Ainda conforme o registro da polícia, os ladrões serraram algumas barras de ferro da grade de proteção do muro dos fundos do condomínio, que dava acesso ao imóvel.

Ao fazer uma ronda, um dos seguranças do condomínio foi até a casa dos empresários saber se estava tudo bem. Ele tocou o interfone e, ameaçada de morte, a mulher disse que não havia nenhum problema. Com isso, o funcionário foi embora.

Durante toda a ação, os assaltantes ficaram encapuzados e conversavam muito no celular. Para amedrontar as vítimas, o trio disse que estava ligado na frequência da polícia e deu a entender que já havia cometido roubo do mesmo tipo em outros condomínios.

O caso será investigado pela Polícia Civil.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave