Nos planos de Oliveira, JB avisa: 'luta e compromisso não vão faltar'

Com escalação incerta de Marcelo Moreno, La Bestia se torna a primeira opção do treinador celeste para pegar o Santos

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

O meia Júlio Baptista não faz uma partida oficial pelo Cruzeiro desde o último dia 17 de setembro, mas se depender do jogador, o longo período afastado do gramado não deve ser problema para esta quarta. Apontado como provável substituto do atacante Marcelo Moreno - caso o boliviano não tenha condições de enfrentar o Santos -, La Bestia mostra vontade e garante que o grupo vai lutar até o fim para conquistar a vitória. De preferência, segundo ele mesmo, sem levar gols no Mineirão. “O jogo da Copa do Brasil é diferente. Diferente porque te penaliza quando sofre gols dentro de casa. Temos que saber disso e utilizar o regulamento a nosso favor. Temos que fazer um jogo consistente, e o mais importante é não levar gol, porque a gente leva o jogo para São Paulo e se fizer um gol lá minimiza o trabalho. Espero e acho que o torcedor do Cruzeiro pode ter certeza de uma coisa: entrega, luta e compromisso não vão faltar. Acho que todos querem vencer, independentemente da qualidade de cada jogador. Espero que o Cruzeiro saia vitorioso”, destacou o celeste. Júlio Baptista se machucou na 22ª rodada do Brasileirão, em partida contra o Atlético-PR. Na ocasião, o jogador lesionou o músculo posterior da coxa esquerda, ficando parado por mais de um mês. Nessa terça-feira, sem Moreno em campo, La Bestia acabou sendo o escolhido para exercer o papel de centroavante no último treino antes da partida contra o Peixe. Se for confirmado entre os titulares esta noite, o meia espera dar o seu melhor. “Sempre que tive a oportunidade de jogar consegui corresponder, dar a minha parte de contribuição, seja de qual forma for, ajudando o time. A experiência também conta muito nessa hora. Será um jogo difícil, e temos que estar em alto nível para conseguir um bom resultado”, disse Baptista. O Cruzeiro recebe o Santos pelo jogo de ida das semifinais da Copa do Brasil às 22h, no Mineirão.

Leia tudo sobre: julio baptistamorenoopçaovontadejogocruzeirosantoscopa do brasilsemifinais