Sem Neymar e Messi, Barça disputa final da Supercopa da Catalunha

Técnico Luis Enrique poupou alguns titulares para o duelo com o Espanyol; Iniesta tem lesão na panturrilha e também não joga

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Divulgação
undefined

O Barcelona vem de um revés para o seu principal rival, o Real Madrid, que derrotou o time catalão por 3 a 1, no último sábado, pelo Campeonato Espanhol. Para curar a “ressaca” da derrota, o Barça tentará conquistar o título da Supercopa da Catalunha - duelo que mede forças entre dois clubes de primeira divisão do estado catalão. O adversário a ser batido é o Espanyol, em jogo marcado para esta quarta-feira, às 18h30 (de Brasília), no estádio Estádio Montilivi, em Girona.

O técnico Luis Enrique avaliou este duelo como uma oportunidade para que o Barça possa consertar os erros que o levaram a jogar mal contra o Real. “Fizemos uma partida inferior a do rival. O que me interessa é que os jogadores fizeram a autocrítica. Mas também assumo toda a responsabilidade pela derrota", afirmou o treinador, que ainda disse que time também teve méritos no clássico. “Apesar de não fazermos um bom jogo, os jogadores foram corajosos e seriam  capazes de marcar 2 a 0 no primeiro tempo. Forçamos nove escanteios e o Madrid apenas três”, concluiu o comandante.

Contra o Espanyol, o treinador resolveu poupar alguns titulares, como o argentino Messi e o brasileiro Neymar, que jogaram no último sábado e vão descansar nesta quarta. Com uma lesão na panturrilha da perna direita, o meia Iniesta ficará afastado por três semanas dos gramados e também é desfalque certo.

Com seus principais craques poupados, Luis Enrique relacionou 20 atletas para a decisão contra o Espanyol, misturando reservas e titulares. O meia Adriano Correia está recuperado de lesão e pode entrar em campo. Grande reforço será a entrada do uruguaio Luis Suárez, que foi elogiado pela sua boa atuação diante do Real.

Leia tudo sobre: messineymarbarcelonasupercopa da catalunhaespanyolreal madridluis enriqueiniesta