Empréstimo para construir imóveis tem alta de 12%

Volume foi o maior para o mês em 20 anos, diz Abecip

iG Minas Gerais |

Em alta. 
Mercado imobiliário inicia reaquecimento,  e crédito aumenta, segundo dados da Abecip
JOAO GODINHO / O TEMPO
Em alta. Mercado imobiliário inicia reaquecimento, e crédito aumenta, segundo dados da Abecip

São Paulo. O volume de empréstimos para aquisição e construção de imóveis cresceu 12% em setembro em comparação a agosto e teve o mesmo crescimento em relação a setembro do ano passado, somando R$ 10,3 bilhões no país. Segundo a Associação Brasileira das Entidades de Crédito Imobiliário e Poupança (Abecip), esse foi o melhor resultado para um mês de setembro dos últimos 20 anos.

Considerando o número de unidades, foram financiados 50,1 mil imóveis em setembro – crescimento de 13,8% em relação a agosto e de 13,3% em relação ao mesmo mês do ano passado. Entre janeiro e setembro, R$ 83,1 bilhões foram destinados para a aquisição e construção de imóveis, valor 4,7% superior ao do mesmo período do ano passado.

Nesse mesmo período foram financiados 401,1 mil imóveis, volume 3,6% superior ao de 2013. Em setembro, considerando apenas a poupança no Sistema Brasileiro de Poupança e Empréstimo (SBPE), os depósitos superaram os saques em R$ 1,69 bilhão. O saldo das cadernetas de poupança do SBPE, segundo a Abecip, cresceu 14% entre setembro de 2013 e 2014, superando os R$ 504 bilhões.

Enquanto o crédito imobiliário cresceu, o geral caiu. A demanda do consumidor por crédito teve redução de 2,3% em setembro, na comparação com agosto, de acordo com dados nacionais da Boa Vista SCPC.

Área

Espaço. A área média dos apartamentos comprados em Belo Horizonte, em 2014, foi de 125 metros quadrados, enquanto em 2013 era de 123 metros quadrados, em média.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave