Dono do perfil Dilma Bolada visita Dilma no Palácio da Alvorada

Como não conseguiu conversar com a presidente depois do resultado das eleições, Jeferson pediu para visitá-la hoje; "Vim aqui para dar um abraço nela", disse

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

A presidente Dilma Roussef e Jeferson Monteiro, autor do perfil Dilma Bolada, em conversa no Palácio do Planalto
reprodução / instagram Palácio do Planalto
A presidente Dilma Roussef e Jeferson Monteiro, autor do perfil Dilma Bolada, em conversa no Palácio do Planalto

O estudante Jeferson Monteiro, criador e administrador do perfil Dilma Bolada nas redes sociais, visita a presidente reeleita Dilma Rousseff nesta terça-feira (28). O perfil é famoso por fazer piadas favoráveis à presidente e se tornou a principal vitrine de repercussão da petista na internet.

Como não conseguiu conversar com a presidente depois do resultado das eleições, Jeferson pediu para visitá-la hoje. "Vim aqui para dar um abraço nela", disse.

Jeferson negou ter recebido dinheiro do governo ou do PT para alimentar o perfil durante o período eleitoral. "Tudo o que aconteceu, aconteceu da forma como tinha que ocorrer. A transparência como tudo aconteceu durante a campanha até hoje fica muito clara. Se tiver que acontecer alguma coisa nessa relação vai ser daqui para a frente, daqui por diante. O que eu acho que é até melhor porque dá mais legitimidade", afirmou.

Questionado se quer trabalhar no governo no segundo mandato de Dilma, Jeferson desconversou. "Tenho uma pretensão de trabalhar na minha área, que é a área de comunicação. Tenho 24 anos, carioca, sou estudante de publicidade e minha pretensão é trabalhar, e quem sabe, futuramente ter a minha própria agência mas acho que ainda preciso aprender muito para isso", disse.

Para Jeferson, a internet teve um papel fundamental nas eleições deste ano e o perfil Dilma Bolada ajudou a desconstruir um pouco a rigidez da petista. "Ela é na verdade muito parecida com a Dilma Bolada em alguns aspectos. Talvez ela tenha se soltado um pouco mais. Comigo ela sempre foi muito simpática", disse.

O estudante chegou a tirar o perfil do ar em julho sob o argumento de que estava "sozinho" sob ataques nas redes de blogs contrários à presidente. No entanto, havia um projeto na pré-campanha de Dilma na época para contratar Monteiro para as eleições, mas o acordo não foi fechado. Ele retomou o perfil dias depois e virou consultor do PT.

Jeferson veio à Brasília no domingo (26) para participar da festa de comemoração dos petistas após o resultado das eleições. O encontro, que reuniu dirigentes do PT, ministros e assessores, foi realizado em um restaurante na capital.

Durante a festa, Jeferson esbarrou por acaso com Celso Kamura, maquiador e "hair stylist" da presidente. "Ah, então é você que deixa a diva ainda mais diva!", disparou Jeferson.

Jeferson afirmou que não teve a viagem custeada pelo PT e que irá voltar para o Rio de Janeiro ainda hoje.

Criado em , o perfil tem hoje mais de 1 milhão e meio de seguidores no Facebook e 307 mil seguidores no Twitter.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave