Ministro do STF libera Dirceu para cumprir restante da pena em casa

A liberação acontece uma vez que o ex-ministro, por ter trabalhado e estudado na cadeia, conseguiu descontar alguns dias de sua condenação

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

TJDF autoriza transferência de Dirceu para presídio do regime semiaberto
RODRIGO LIMA - 31.1.2013
TJDF autoriza transferência de Dirceu para presídio do regime semiaberto

O ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Luís Roberto Barroso acatou nesta terça-feira (28) um pedido feito pelo ex-ministro José Dirceu e o autorizou a cumprir em casa o restante de sua pena de 7 anos e 11 meses de prisão devido ao processo do mensalão.

A liberação acontece uma vez que o ex-ministro, por ter trabalhado e estudado na cadeia, conseguiu descontar alguns dias de sua condenação. Com isso, ele antecipou o cumprimento de um sexto de sua pena --condição necessária para o pedido de progressão de regime.

A expectativa é que a Vara de Execuções Penais promova uma audiência com Dirceu na próxima terça-feira. Depois da conversa com o juiz ele será liberado para cumprir o restante da pena em sua casa em Brasília.

Dirceu foi preso em 15 de novembro passado. Como o ex-ministro trabalhou, estudou e leu livros desde que foi preso, ele pôde abater 142 dias de sua pena.

Com isso, a progressão de regime, concedida aos presos após o cumprimento de um sexto de suas sentenças, foi antecipada.

Dirceu, ao progredir ao regime aberto de prisão, passaria, em tese, as noites numa casa do albergado. Mas, como não existe este tipo de estabelecimento em Brasília, ele poderá cumprir o resto da pena em casa.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave