San Antonio: com as esporas afiadas para ser o xerife do Oeste

Enquanto o trio Parker, Ginóbili e Duncan tiver fôlego é uma verdadeira loucura não listar os Spurs como candidatos ao título da NBA

iG Minas Gerais | JOSIAS PEREIRA |

San Antonio Spurs vai em busca de mais um título da NBA
ESPN/REPRODUÇÃO
San Antonio Spurs vai em busca de mais um título da NBA

Será difícil tirar a soberania do San Antonio Spurs na Conferência Oeste. A equipe, atual campeã da NBA, manteve a base vitoriosa e possui a química que é tão difícil de ser encontrada em times ainda em formação. Os Spurs saem na frente, não só pela proximidade e o vínculo até mesmo afetivo dos atletas, mas também pela qualidade técnica. Muito se fala na "velhice" de Tim Duncan, Ginóbili e Tony Parker, mas enquanto este trio tiver fôlego é uma verdadeira loucura não listar os Spurs como candidatos ao título da NBA.

E muito desta soberania intocável de San Antonio se deve às equipes que lutarão com a franquia texana pelo topo da tabela. A maior ameaça, teoricamente, seria o Oklahoma City Thunder, mas a equipe terá que se ajustar à ausência de Kevin Durant nas primeiras semanas da temporada. O astro, principal nome da franquia e atual MVP da NBA sofreu uma fratura no quinto metatarso do pé direito. Sem Durant por aproximadamente oito semanas, a responsabilidade de conduzir Oklahoma às vitórias ficará com Russell Westbrook. Resta saber se o explosivo armador terá esta capacidade, já que quando convocado para assumir esta função ele andou decepcionando.

Lob City 

Sem uma ameaça, pelo menos inicialmente, direta do Thunder, a maior expectativa de crescimento para esta temporada está com o Los Angeles Clippers. A franquia definitivamente saiu das sombras dos Lakers e agora reina soberana na cidade dos anjos. Chris Paul, Blake Griffin e cia. limitada ajudam a sustentar o sonho dos já ensandecidos fãs.

Às armas

Outro time que desponta no Oeste é o Golden State Warriors, que conta agora com o brasileiro Leandrinho e tem em seu plantel ninguém menos que Stephen Curry, um dos melhores chutadores da Liga. Outros destaques dos Warriors são Klay Thompson, jogador que fez um grande Mundial com a camisa da seleção norte-americana de basquete, Andre Iguodala e David Lee.

Texanos em guerra 

O hostil Texas também apresenta mais duas franquias que merecem uma observação detalhada. Os Rockets de Houston prometem entrar com tudo nesta temporada, ainda mais com Dwight Howard e James Harden em ótima forma e na prateleira de cima da NBA. Enquanto isto, os Mavericks de Dallas se reforçaram bastante durante a offseason e podem ser a grata surpresa. O veterano Dirk Nowitzki está feliz ao ter no plantel companheiros como Tyson Chandler, Chandler Parsons, Monta Ellis, Jameer Nelson e Devin Harris.

Rip City 

Outro destaque do Oeste é o Portland Trail Blazers. Muita desta esperança está sustentada em Damian Lillard, mas é bom ficarmos de olho em outras peças, entre elas LaMarcus Aldrigde, Nicolas Batum, Chris Kaman e Robin Lopez.

Um Kobe só não faz verão...

Você podem estar estranhando a ausência do Los Angeles Lakers nesta lista de favoritos. Pois é, a temporada promete ser ruim para a franquia angelina. Apesar da volta de Kobe Bryant, recuperado de uma lesão no tendão de aquiles, que o tirou da última temporada, a franquia se mexeu pouco durante o período de transferências. A principal aquisição foi o pivô Carlos Boozer, ex-Chicago Bulls.

Outra chegada celebrada foi a do armador Jeremy Lin, que estava nos Rockets, mas que está longe de ser aquele atleta que explodiu nos Knicks há algumas temporadas. Com um treinador novo, Byron Scott, os Lakers deverão ter trabalho para estabelecer o jogo ofensivo e a defesa parece bastante vulnerável. É bom ficarmos de olho no desempenho do calouro Julius Randle, uma das grandes promessas da classe de 2014 do draft da NBA.

Para completar a análise dos Lakers, a equipe perde muito sem Steve Nash, fora da temporada após lesionar a costela carregando uma mala. O veterano jogador era a classe pura nas assistências e sua ausência, apesar de registrar pouquíssimos minutos em quadra nas últimas duas temporadas, será sentida pelos fãs. Nash inclusive deverá anunciar sua aposentadoria do basquete.

Os lobos uivarão...

Mas, para os assíduos torcedores, vale a dica. Acompanhem bem de perto o Minnesota Timberwolves. Kevin Love se foi, mas a equipe possui um elenco bastante atlético e jovial. O que falar de Andrew Wiggins, a primeira escolha do draft deste ano? E de Ricky Rubio, Gorgui Dieng, Anthony Bennett, Shabbaz Muhammad, Kevin Martin? Será bem divertido ver esta equipe em ação e não será nenhuma surpresa se os Wolves avançarem à pós-temporada.

Últimas apostas

Fechando os destaques do Oeste, atenção redobrada ao trio Denver Nuggets, Phoenix Suns e Memphis Grizzlies. Estas três equipes, com certeza, brigarão pelos Playoffs. O Memphis, por exemplo, é uma fortaleza defensiva, enquanto os Suns se destacam pelo rápido jogo de transição.

Apostas Campeões de Divisão no Oeste: 

Nordeste: Oklahoma City Thunder

Pacífico: Los Angeles Clippers 

Sudoeste: San Antonio Spurs 

Apostas nos Playoffs: 

1. San Antonio Spurs 

2. Oklahoma City Thunder

3. Los Angeles Clippers 

4. Golden State Warrios 

5. Houston Texans 

6. Memphis Grizzlies

7. Dallas Mavericks 

8. Portland Trail Blazers 

Decepção: Sacramento Kings. A equipe possui DeMarcus Cousins, Rudy Gay e Darren Collison, mas tem a infelicidade de estar na disputada Conferência Oeste. Não só pelo status, mas pela condição tática, os Lakers estão bem aquém dos tempos dourados e o saldo final pode ser tenebroso. 

Pode surpreender: o Oeste segue como uma das Conferências mais equilibradas, por isto a dificuldade até mesmo em selecionar os classificados aos Playoffs. Basicamente, os Wolves são a versão dos Bucks no lado Oeste. No entanto, possuem mais jovialidade e podem ser surpresa. Porém, nada como colocar os Suns neste bolo, e os Nuggets, apesar de um caminho mais complicado, lutarão pelos Playoffs. 

Leia tudo sobre: basquetenbaconferência oestesan antonio spursclassificadosapostas