‘Power Point do futuro’ já atrai 45 milhões de usuários no mundo

Ferramenta usa cenários 3D e zoom semelhante ao do Google Maps

iG Minas Gerais | Isis Mota |

Modelo pronto de apresentação. Usuário substitui as palavras pelas que quiser
reprodução/prezi
Modelo pronto de apresentação. Usuário substitui as palavras pelas que quiser

SÃO PAULO. O sueco Peter Arvay, 35, fundador da Prezi, costuma repetir que as maiores conquistas da humanidade estão relacionadas a sua capacidade de compartilhar ideias. Sua empresa desenvolve, desde 2008, uma ferramenta que tenta modificar a forma como as mensagens são transmitidas em apresentações, oferecendo uma alternativa ao tradicional e popular Power Point, da Microsoft.  

O sistema criado por ele, que vem se espalhando nas apresentações de faculdades e no circuito de empreendedorismo tecnológico brasileiro, é adotado por cerca de 45 milhões de pessoas pelo mundo, incluindo 1,5 milhão no Brasil.

A principal diferença do sistema está na possibilidade de criar apresentações organizadas em cenários tridimensionais. É possível adicionar a elas imagens e vídeos e usar ferramenta de zoom para se aproximar de itens que estão na tela. “O Prezi utiliza o mesmo conceito do Google Maps para reduzir e ampliar imagens e textos de uma forma que causa um alto impacto na audiência”, diz a empresa.

Arvay conta que, por ter iniciado seu negócio no ano de início da crise econômica internacional e competir com grandes empresas, foi difícil conseguir chamar a atenção de investidores. Eles só se convenceram por causa do uso do sistema por empreendedores.

“De tanto investidores verem empreendedores usando o Prezi para fazer “pitchs” (apresentações para conseguir investimentos), eles vieram para mim se oferecendo para investir”, conta. Um dos primeiros a apostar no Prezi foram os responsáveis pelos eventos TED. A companhia também recebeu US$ 11 milhões dos fundos de capital de risco Accel Partners e Sunstone Capital.

Usuário pode vender criação O Prezi tem uma base de templates gratuitos e outros pagos, a maioria à venda por US$ 5 cada. Mas qualquer pessoa que criar templates para apresentações pode colocá-los à venda no site www.prezibase.com pelo preço que quiser. É preciso um cadastro inicial, e a assinatura mensal da versão profissional (versão Business) custa US$ 13,25 por mês, ou US$ 159 faturados anualmente. Em todos os casos, os primeiros 30 dias de teste são gratuitos.

Flash Como usar. Na base de dados em prezibase.com, basta escolher um template. Se for grátis, é só logar, baixar o modelo e criar o seu próprio conteúdo. Se for pago, é só proceder com o pagamento antes de usar.

Flash

Sem custo. A versão online básica do Prezi é gratuita e acessível de qualquer navegador. Há também versões para iPad, iPhone, Windows ou Mac.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave