Após três anos, Tevez volta a ser convocado pela Argentina

O atacante da Juventus-ITA fará parte do time que jogará contra Croácia e Portugal, em novembro

iG Minas Gerais | FOLHAPRESS |

Carlitos Teves vem sendo um dos principais nomes da Juventus, líder isolada na Serie A
DIVULGAÇÃO/JUVENTUS
Carlitos Teves vem sendo um dos principais nomes da Juventus, líder isolada na Serie A

Após três anos sem ser chamado para a seleção argentina, o atacante Tevez foi convocado pelo técnico Gerardo Martino nesta segunda-feira (27) para amistosos da equipe. O atacante da Juventus, da Itália, fará parte do time que jogará contra Croácia e Portugal, em novembro. A última vez que Tevez vestiu a camisa da Argentina foi no dia 16 de julho de 2011, na Copa América. Na ocasião, o jogador com passagem pelo Corinthians perdeu um pênalti na disputa contra o Uruguai, pelas quartas de final daquele torneio. Desde então, o atacante amargou longo período afastado com o técnico Alejandro Sabella, treinador argentino na Copa do Mundo do Brasil. Tevez já disputou 64 jogos e fez 14 gols com a camisa argentina. O título mais importante foi a medalha de ouro nos Jogos Olímpicos de Atenas, em 2004. Martino ainda convocou Messi, Di María, Agüero, Pastore, Lamela, Mascherano, Zabaleta e Banega, entre outros. Abaixo, a lista dos convocados: Goleiros: Romero (Sampdoria-ITA), Guzmán (Tigres-MEX) e Caballero (Manchester City) Defensores: Demichelis (Manchester City), Otamendi (Valencia), Cristian Ansaldi (Atlético de Madri), Roncaglia (Fiorentina), Rojo (Manchester United), Zabaleta (Manchester City), Federico Fernández (Swansea-ING), Federico Fazio (Tottenham-ING) e Garay (Zenit-RUS) Meio-campistas: Lucas Biglia (Lazio-ITA), Enzo Pérez (Benfica-POR), Gaitán (Benfica-POR), Mascherano (Barcelona), Lamela (Tottenham), Banega (Sevilla), Pastore (Paris Saint-Germain), Roberto Pereyra (Juventus) e Di María (Manchester United) Atacantes: Messi (Barcelona), Tevez (Juventus), Agüero (Manchester City) e Higuaín (Napoli)

Leia tudo sobre: tevezargentinaconvocadoseleçãojuventusfutebol