Morre a terceira vítima de atentado em escola nos EUA

Gia Soriano estava internada mas não resistiu aos ferimentos causados por um tiro na cabeça; outros três adolescentes permanecem hospitalizados, dois dias depois de tiros em lanchonete

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Uma garota, de 14 anos, morreu na noite deste domingo (26), dois dias depois de um jovem realizar vários disparos em uma lanchonete de uma escola da cidade de Marysville, no estado de Washington.

Gia Soriano estava internada mas não resistiu aos ferimentos causados por um tiro na cabeça. Os órgãos da jovem serão doados para transplante, segundo informou o Providence Regional Medical Center Everett.

Outros três adolescentes permanecem hospitalizados, sendo que dois deles estão em estado grave. As informações são do jornal "Estadão".

 Sobre o caso. O adolescente Jaylen Fryberg, de 14 anos, abriu fogo nesta sexta (24) no refeitório da escola secundária de Marysville Pilchuck, no Estado de Washington (oeste dos EUA), deixando ao menos um morto e quatro feridos. Segundo a polícia local, o atirador também está morto. Sob condição de anonimato, um policial afirmou que o adolescente se suicidou.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave