Secretário se desculpa por dizer que país é inundado por imigrantes

A frase foi dita em uma entrevista a um canal de televisão, em que o Secretário de Defesa comentava as críticas da União Europeia a uma flexibilização da relação dos britânicos com o bloco

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

 O secretário de Defesa do Reino Unido, Michael Fallon, teve que pedir desculpas nesta segunda-feira (27) após dizer que as cidades britânicas "estão sendo inundadas por imigrantes" e que algumas delas "se sentem sob cerco" deles.

A polêmica foi levantada no momento em que os conservadores, liderados pelo primeiro-ministro David Cameron, se sentem pressionados pelo crescimento do Partido Independente do Reino Unido (Ukip), favorável a maiores restrições à entrada de estrangeiros.

A frase foi dita em uma entrevista ao canal SkyNews no domingo (26), em que comentava as críticas da União Europeia a uma flexibilização da relação dos britânicos com o bloco. Um dos motivos para diminuir as relações é o aumento da imigração de países do leste europeu.

"Os alemães ainda não viram nossas propostas e nós ainda não vimos nossas propostas. Isso ainda é discutido no momento para ver o que nós podemos fazer para impedir que cidades e comunidades inteiras sejam inundadas por um número grande de imigrantes".

E continuou: "Em algumas áreas do Reino Unido, principalmente na costa leste, as cidades se sentem sob cerco, com um grande número de imigrantes e pessoas pedindo benefícios, e é muito certo que prestemos atenção nisso".

As declarações foram rapidamente repudiadas pelos adversários e por aliados. O secretário de Energia britânico, Ed Davey, disse que "quando falamos de imigração nós precisamos ser mais responsáveis com as palavras que usamos".

Para o trabalhista Douglas Alexander, que é o secretário-sombra (representante da oposição) da Chancelaria britânica, isso demonstra "o desespero do Partido Conservador".

"Nós temos um governo que gasta mais tempo negociando com seus aliados que com outros líderes europeus. Agora, David Cameron está com tanto medo do desafio interno na questão imigratória e do desafio eleitoral que representa o Ukip que está decepcionando os britânicos e nós vemos isso em algumas declarações destemperadas desta semana".

Diante da pressão, Fallon pediu desculpas nesta segunda, em entrevista à BBC. "Eu disse algo errado ontem. Não deveria ter usado as palavras que usei". O termo já foi usado outras vezes por políticos conservadores para se referir aos imigrantes, inclusive pelo maior ícone do partido nas últimas décadas, a primeira-ministra Margaret Thatcher.

Em 1978, ela disse que o Reino Unido era inundado por imigrantes da nova Comunidade Britânica, que incluía os países da África e a Índia, e do Paquistão. Mesmo com esse discurso, ela foi eleita no ano seguinte.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave