Ministro critica boato sobre morte

O ministro da Justiça disse ter ficado “chocado” com os boatos a respeito do suposto envenenamento e consequente morte do doleiro

iG Minas Gerais |

São Paulo. O ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, usou adjetivos como “deplorável” e “inaceitável” para classificar os boatos que circularam na internet de que o doleiro Alberto Youssef, envolvido no esquema de corrupção da Petrobras, havia sido envenenado na carceragem.  

O ministro da Justiça disse ter ficado “chocado” com os boatos a respeito do suposto envenenamento e consequente morte do doleiro. “Algumas pessoas diziam que o senhor Alberto Youssef teria sido envenenado e que tinha morrido. Ele é cardiopata, e o própria Samu da Prefeitura de Curitiba soltou uma nota dizendo o diagnóstico”, afirmou Cardozo, em evento promovido pelo PT, ontem, no centro de São Paulo.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave