Expulsões ligam alerta para reta final

Até os episódios de Tardelli e Victor, time ainda não tinha ficado com um a menos em campo

iG Minas Gerais | Antônio Anderson |

Rigor. Árbitro saca o vermelho e expulsa Victor contra Sport
CRISTIANE MATTOS/FUTURA PRESS/ES
Rigor. Árbitro saca o vermelho e expulsa Victor contra Sport

Antes da 30ª rodada, quando do empate em 1 a 1 diante do Bahia, o Atlético dividia com o Goiás a condição de único clube entre os 20 participantes do Campeonato Brasileiro que não havia levado cartão vermelho. Mas, as expulsões do atacante Diego Tardelli, no confronto contra o tricolor baiano, e do goleiro Victor, na partida diante do Sport, no último sábado, acabaram com esse bom retrospecto.

Os cartões vermelhos sinalizam que o alvinegro vai precisar ter mais cuidado nos jogos restantes do Nacional para não perder atletas importantes por causa do cartão vermelho.

A 31ª rodada será encerrada nesta segunda mas, entre os clubes participantes, o recordista de cartões vermelhos é o Botafogo, com oito. Em seguida aparecem Bahia e Figueirense, com seis. Santos, São Paulo e Fluminense levaram cinco. Corinthians e Flamengo, três. Com dois vermelhos aparecem Atlético, Atlético-PR, Chapecoense, Coritiba, Cruzeiro, Grêmio, Internacional e Sport. O Vitória tem um e o Goiás ainda não foi penalizado.

Balança. A ausência de jogadores importantes tem sido uma grande dor de cabeça para o técnico Levir Culpi, que vem convivendo com os problemas de suspensões e contusões para escalar a sua equipe.

Contra o Sport, o Galo não teve os atacantes Diego Tardelli e Luan e o zagueiro Edcarlos suspensos, além do atacante Guilherme e do zagueiro Léo Silva, que se recuperam de contusão musculares. Para o jogo de quarta-feira, contra o Flamengo, pela Copa do Brasil, Victor está liberado para atuar, mas ele fica de fora da partida do fim de semana, contra o Atlético-PR, em Curitiba, pelo Nacional. Uilson deve ser o substituto, já que o reserva imediato Giovanni está machucado.

Após o jogo do Sport, Levir Culpi disse não lamentar a expulsão de Victor. “É uma recomendação minha, gosto de goleiro adiantado. Ele deve ser um zagueiro de sobra, deve saber fazer isso também. Talvez, se não tivesse saído, a situação de gol ficasse muito mais fácil para o Sport. Acho que valeu”, disse o treinador.

Para o jogo contra o Flamengo, o Atlético deverá contar ainda com os retornos do volante Rafael Carioca e o zagueiro Léo Silva, que estão em fase final de recuperação.

Cem Temporada. O gol marcado pelo atacante Carlos, na vitória por 3 a 2 sobre o Sport, foi o de número cem do Atlético nesta temporada. Só no Campeonato Brasileiro, o Galo balançou as redes adversárias 42 vezes.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave