Levir comenta expulsão de Victor: 'não lamento'

Goleiro alvinegro foi expulso após falta em Wendel fora da área, mas treinador disse que "valeu a pena"

iG Minas Gerais | Débora Ferreira |

Para Victor, Atlético teve uma atuação tática perfeita
BRUNO CANTINI/ATLÉTICO
Para Victor, Atlético teve uma atuação tática perfeita

Victor foi um dos responsáveis pelo primeiro gol do Sport. O goleiro alvinegro falhou no lance e acabou dando o rebote nas mãos do adversário. No entanto, o que surpreendeu foi ofato de o atleta ter saído de sua meta e cometido falta em Wendel, gerando uma anormal expulsão. A partida, na noite do último sábado, terminou em 3 a 2 para o Atlético, no Independência.

Mesmo acostumado a jogar adiantado, o camisa 1 pouco se envolve nesses lances, mas dessa vez teve que sair de campo aos 7 min do segundo tempo e deu lugar ao jovem Uilson. A expulsão não incomodou Levir, que afirmou ter preferido a saída a um segundo gol do Leão, e não lamentou a saída do arqueiro.

“É uma recomendação minha, eu gosto de goleiro adiantado, ele deve ser um zagueiro de sobra, deve saber fazer isso também. Talvez se esse ele não tivesse saído, a situação de gol ficasse muito mais fácil (para o Sport). Acho que valeu a pena a saída dele, não lamento. Só ficou pior porque tivemos que refazer a situação do time”, comentou o técnico.

Devido ao cartão vermelho, Levir terá que fazer mais uma mudança e não poderá colocar Victor em campo na próxima partida do Brasileirão, diante do Atlético-PR, na Arena Baixada, no próximo domingo. Para o confronto com o Flamengo, na quarta-feira, pela Copa do Brasil, ele poderá atuar regularmente.  

Leia tudo sobre: victorexpulsãoatléticosaídaindependênciasporthortolevir cupigolcartão vermelhogalofutebolbrasileirãosuspensão