Tráfico motiva 44% das prisões

Celina conta que 44% das prisões de mulheres no país foram motivadas pelo tráfico, “porque elas atuam como mulas, ou seja, aquelas que carregam a droga”

iG Minas Gerais | Litza Mattos |

O ritmo de encarceramento elevado no Brasil é provocado principalmente pelo tráfico de drogas, segundo a supervisora da Clínica de Direitos Humanos da Escola de Direito da Fundação Getúlio Vargas do Rio de Janeiro, Celina Beatriz Mendes. “Após entrar em vigor a Lei de Drogas em 2007, vimos um impacto bem expressivo na população carcerária feminina”, afirma a advogada.  

Celina conta que 44% das prisões de mulheres no país foram motivadas pelo tráfico, “porque elas atuam como mulas, ou seja, aquelas que carregam a droga”. Segundo a professora, não faltam legislações e regras internacionais especificamente voltadas para o tratamento da mulher presa, porém o país não vem respeitando.

“A gestão de uma unidade prisional feminina requer um cuidado bem maior para lidar com situações bem características”, afirma Celina. 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave