Passeios à Grande Barreira

iG Minas Gerais | Mari Campos |

Vista aérea para uma porção da Grande Barreira de Corais, um destino imperdível para os amantes de mergulho
Mari Campos/Agência O Globo
Vista aérea para uma porção da Grande Barreira de Corais, um destino imperdível para os amantes de mergulho

Cairns, no Estado de Queensland, é a mais popular base para explorar a porção norte da Grande Barreira de Corais. A cidade é também base para explorar as florestas tropicais – a forma mais popular é pelo Skyrail, uma gôndola de chão de vidro – e é rodeada por boas praias. Entre elas, o balneário de Port Douglas, outro dos principais pontos de acesso aos recifes da Grande Barreira.

Cairns tem boa estrutura turística e hoteleira. A maioria dos hotéis fica na simpática Palm Cove, onde há uma praia artificial, a “esplanada de Cairns”, com areia, coqueiros e até piscina de borda infinita. Tem ainda um mercado noturno aberto até as 23h para quem busca artesanato de inspiração aborígene.

Como os recifes estão a pelo menos 40 km da costa, a maioria dos turistas embarca nos passeios de um dia ao começo da Grande Barreira. Os mais aventureiros apostam em liveaboard, navegando e mergulhando por três dias entre Cairns e Townsville. Os catamarãs – com até 150 passageiros – que saem de Cairns e Port Douglas fazem roteiros semelhantes, mas param em pontos diferentes conforme regras de preservação do local.

Mergulho

A saída do passeio é por volta das 9h e retorna antes do fim da tarde, incluindo paradas em alto-mar em pontos distintos para mergulho (geralmente cobrado à parte) e snorkel. Enquanto quem vai mergulhar aguarda sua vez de descer (em geral, dois visitantes para cada instrutor), os outros passageiros nadam e fazem snorkel nas áreas determinadas pela equipe de bordo. Alguns barcos fazem ainda paradas em bancos de areia no meio do mar e santuários de pássaros.

O preço do passeio é em torno de 200 dólares australianos (cerca de R$ 425) por pessoa, incluindo almoço sem bebidas e os equipamentos de snorkel. Mesmo para quem fica apenas no snorkel, é possível ver debaixo d’água o “muro” formado pelos corais sobrepostos e inúmeros cardumes de peixes, conchas gigantes, tubarões, tartarugas e arraias.

 

Serviço

COMO IR

Aéreo. Emirates voa do Rio a Brisbane com conexão em Dubai e tarifas a partir de R$ 4.532. Delta voa para Brisbane via Atlanta e Los Angeles a partir de R$ 4.761. Qantas liga Brisbane a Cairns por 129 AUD (R$ 272) cada trecho. Virgin Australia voa de Cairns a Hervey Bay a partir de 299 AUD (R$ 632). Preços em novembro. Visto. Austrália exige visto e Certificado de Vacinação Contra a Febre Amarela. ONDE FICAR Pullman Palm Cove Sea Temple Resort: Diárias em quarto duplo a partir de 330 AUD (R$ 700). accorhotels.com The Reef House: Diárias a partir de 271 AUD (R$ 574). mgallery.com Hotel Mantra: Em Hervey Bay. Diárias a partir de 175 AUD (R$ 370). mantraherveybay.com.au  

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave