Santos sofre empate em Santa Catarina com gol nos acréscimos

Resultado afastou ainda mais o Peixe do G-4 do Brasileiro, que leva à Libertadores, e mantém a equipe catarinense na próxima da Z4

iG Minas Gerais | FOLHAPRESS |

Com um gol nos acréscimos, a Chapecoense empatou em 1 a 1 com o time misto do Santos neste sábado (25) na Arena Condá, em Santa Catarina. O resultado afastou ainda mais o Santos do G-4 do Campeonato Brasileiro, que leva à Libertadores, e mantém a equipe da Chapecoense próxima da zona de rebaixamento.

Pensando no primeiro jogo da semifinal da Copa do Brasil contra o Cruzeiro, que acontece na próxima quarta-feira (29), no Mineirão, em Belo Horizonte, o Santos poupou alguns de seus jogadores titulares como o goleiro Aranha, o zagueiro Edu Dracena, o volante Arouca e o atacante Robinho.

A ausência dos titulares fez falta ao Santos, que chega a segunda partida consecutiva sem vitória. A equipe chega a 46 pontos, a sete pontos do G-4. Já a Chapecoense chegou a 36 pontos e, na 15ª colocação, continua ameaçada pelo fantasma do rebaixamento.

Na próxima rodada do Campeonato Brasileiro, o Santos recebe o Internacional, no dia 2 de novembro. No mesmo dia a Chapecoense enfrenta o Flamengo no Maracanã.

O JOGO

A partida começou movimentada na Arena Condá e as duas equipes tiveram chances de gol nos primeiros minutos de jogo. Tiago Luís, da Chapecoense, assustou o goleiro santista Vladimir com chute forte de fora da área ainda nos primeiros segundos da partida.

A resposta do Santos veio no lance seguinte, com finalização de longe de Leandro Damião, sem perigo ao gol defendido por Danilo.

Mas aos 12 min, o Santos teve a primeira chance clara de gol com Gabriel. Após cruzamento, a zaga da Chapecoense não conseguiu afastar e a bola para o atacante santista, que chutou forte em cima do goleiro da Chapecoense.

Um minuto depois, o zagueiro Bruno Uvini aproveitou cobrança de escanteio e, de cabeça, fez o gol da partida.

Com a vantagem no placar, o Santos apresentou grande poder de marcação e a partida perdeu qualidade ofensiva. No segundo tempo, o Santos teve a chance de ampliar o placar após rápido contra-ataque, mas, após tabelar com Rildo, Gabriel perdeu chance cara a cara com o goleiro Danilo, que fez ótima defesa.

Já a Chapecoense, quase empatou aos 4 min da segunda etapa com o atacante Tiago Luís, que chutou cruzado e a bola passou à esquerda do goleiro santista e aos 39 min, com chute forte de Fabinho Alves pela direita e mais uma boa defesa de Vladimir, salvando o Santos do empate em Chapecó.

Aos 46 min, no entanto, o goleiro do Santos pouco pôde fazer após rápido contra-ataque da Chapecoense. O atacante Leandro aproveitou cruzamento de Fabiano Alves e finalizou para empatar a partida em Santa Catarina.

CHAPECOENSE Danilo; Fabiano, Rafael Lima, Grolli e Rodrigo Biro; Bruno Silva (Neném), Abuda (Fabinho Alves), Diones e Camilo (Bruno Rangel); Tiago Luis e Leandro T.: Jorginho

SANTOS Vladimir; Cicinho, David Braz, Bruno Uvini e Mena; Renato, Souza, Renato, Serginho (Thiago Maia); Gabriel (Jorge Eduardo), Rildo e Leandro Damião (Stéfano Yuri) T.: Enderson Moreira

Estádio: Arena Condá, em Chapecó (SC) Árbitro: Anderson Daronco (RS) Gols: Bruno Uvini, aos 12 e, Leandro, aos 45 min do 2º tempo Cartões amarelos: Abuda (C), Cicinho, David Braz, Souza e Bruno Uvini (S)