Praia entra na briga por título

Time de Uberlândia montou um elenco forte para disputar de igual com as grandes equipes

iG Minas Gerais | Gabriela Pedroso |

Hegemonia. Equipe comandada pelo técnico Ricardo Picinim conquistou o tetracampeonato mineiro no último dia 17 em cima do Minas
Praia Clube/Divulgação
Hegemonia. Equipe comandada pelo técnico Ricardo Picinim conquistou o tetracampeonato mineiro no último dia 17 em cima do Minas

Sassá, Tandara, Natasha, Karine Guerra, Ju Costa, Daymí Ramírez, de Cuba, e Bailey Webster, dos EUA. Qualquer equipe hoje no Brasil se intimidaria com tantos nomes de peso do outro lado da quadra. Uma lista de reforços que, não bastasse a afirmação pela qualidade técnica, é atestada pelo peso de duas campeãs olímpicas. O “sortudo”, ou melhor dizendo, merecedor detentor deste grande elenco é o Dentil-Praia Clube, que, definitivamente, chega para a Superliga 14/15 para brigar pelo título.  

Com tantas novidades de alto nível no elenco, é preciso também um “maestro” para orquestrá-lo. E caberá ao técnico Ricardo Picinin, ex-Vivo-Minas, a missão de conduzir o time do Triângulo Mineiro à conquista inédita.

Esta não será a primeira vez que Picinin é colocado à prova. Na temporada 11/12, o técnico levou a modesta equipe feminina do Mackenzie a uma participação inédita nos play-offs da Superliga. No Praia Clube, no entanto, o treinador é mais cauteloso ao falar das metas.

“A gente tem de pensar passo a passo. Não podemos pensar direto no título. Tem muita coisa antes, tem a fase classificatória pela frente, os play-offs. A gente pensa, sim, é em fazer uma boa campanha, brigar de igual com os outros clubes. O título, claro, é sonho de todo mundo, mas ainda é muito cedo para falar nisso. Temos um trabalho para ser realizado dia a dia”, destacou Picinin.

Entre as grandes apostas do Praia para alcançar o seu objetivo está a ponteira Sassá. Campeã olímpica em Pequim (2008), a jogadora espera que a sua experiência faça a diferença para a equipe na busca do título inédito.

“Acredito muito nisso (título). Acredito no trabalho, na equipe, que, tecnicamente, tem totais condições de brigar de igual pra igual com as melhores equipes da Superliga. Acho que tudo dependerá somente de nós, e tenho certeza que o objetivo de toda a equipe do Praia Clube é trilhar esse caminho e fazer parte da história do clube, trazendo esse título tão almejado”, afirmou.

Indo para sua terceira temporada com o Praia, a central Letícia Hage vivenciou o crescimento do time mineiro e acredita que o grupo atual seja talvez o mais forte de todos os tempos.

“Acho que este elenco é o melhor até hoje. A montagem da equipe foi muito bem-feita, mesclando a experiência com a vontade de crescer das mais novas. Sinto que a equipe tem tudo para dar um passo a mais em relação às temporadas passadas”, opiniou.

7 reforços de peso foram contratados nesta temporada

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave