Estrangeiros têm interesse no embate

Assim como outros brasileiros que estão no exterior, ela faz críticas aos políticos

iG Minas Gerais | Isabella Lacerda |

Há cinco anos fora do país, Daniela Branco assiste até os debates
Reprodução / Facebook
Há cinco anos fora do país, Daniela Branco assiste até os debates

A mestranda em física em Houston, nos Estados Unidos, Daniela Branco, 24, brinca que nem quem deseja ficar por fora da política brasileira consegue. Segunda ela, até mesmo os norte-americanos têm interesse em saber o que se passa no país. “Tem muita gente sabendo das polêmicas no Brasil e que quer saber o que vai acontecer”, afirma, com relação à disputa acirrada entre Dilma Rousseff (PT) e Aécio Neves (PSDB).  

Até mesmo os debates na televisão ela fez questão de assistir. “Acompanhei online e já tive a maior discussão no (aplicativo) WhatsApp sobre política”, relata a brasileira, que, há cinco anos, saiu do Brasil, mas ainda não transferiu seu título de eleitor. Assim como outros brasileiros que estão no exterior, ela faz críticas aos políticos. “Acho os dois candidatos péssimos e não dá para escolher o menos pior”, diz. 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave